O fotógrafo chinês Lu Guang, que desapareceu, está sob custódia!

O fotógrafo chinês Lu Guang foi perdido no início de novembro na China, sem que ninguém soubesse seu destino.

Segundo as últimas informações vindas de sua esposa e publicadas pelo The New York Times, Lu foi detido pelas autoridades da província de Xinjiang, onde muitos muçulmanos de várias minorias estão sendo mantidos em campos.

O fotógrafo chinês, conhecido por seu trabalho e por cobrir importantes questões sociais, econômicas e ambientais na China, esteve na província de Xinjiang para participar de vários eventos fotográficos com fotógrafos locais, segundo sua esposa de Nova York.

Segundo suas declarações, essa viagem não foi profissional, ou seja, Lu não pretendia imortalizar nenhuma questão importante, como as condições de detenção de minorias muçulmanas na região.

Parece que as autoridades chinesas entraram em contato com a família de Lu, informando-os da prisão do fotógrafo, mas sem dar um motivo.

Lu Guang trabalha como fotógrafo desde 1987 e ganhou importantes prêmios, incluindo o World Press Photo, o Prêmio Henri Nannen de fotojornalismo, o W. Eugene Smith Grant e muito mais.

Lu Guang (Concurso de Fotografia de 2011) da World Press Photo no Vimeo.

Resta ver como esse caso se desenvolverá.