O fim do Facebook estĂĄ se aproximando

tromaktiko De acordo com o magnata da mĂ­dia Rupert Murdoch, as Ășltimas medidas predizem a morte Facebook. Em um post no Twitter, ele alerta Mark Zuckerberg que a rede social começou a se tornar como o MySpace.

Murdoch escreveu no Twitter: “Cuidado com o Facebook! As horas que o usuĂĄrio mĂ©dio gasta (nas mĂ­dias sociais) estĂŁo constantemente diminuindo. É a primeira indicação de que algo como o MySpace foi feito anos atrĂĄs. “

Note-se que o MySpace o comprou em nome de seu grupo em 2005,<
>

por US $ 580 milhÔes, e após cinco anos, começou a declinar e a não render os ganhos esperados.

O Facebook é de longe a maior rede social do momento, mas, segundo o SocialBakers, estima-se que perca vårios milhÔes de usuårios todos os meses.

Em particular, no Ășltimo mĂȘs, 6 milhĂ”es de usuĂĄrios deixaram a rede social dos EUA, enquanto nos Ășltimos seis meses esse nĂșmero atingiu 9 milhĂ”es (queda de 4%). O que preocupa o Facebook Ă© que a mesma situação prevalece na GrĂŁ-Bretanha, Alemanha, Espanha, França, JapĂŁo e CanadĂĄ.

Recorde-se que Murdoch controla 9 redes de TV via satĂ©lite, 100 canais de TV a cabo, 175 jornais, 40 publicaçÔes de livros, 40 estaçÔes de televisĂŁo e 1 estĂșdio de cinema em todo o mundo.

Segundo sua biografia, suas redes de televisĂŁo “fornecem” 280.000.000 de telespectadores com notĂ­cias nos Estados Unidos, 300.000.000 na Ásia, sua rede a cabo atinge 300.000.000 de lares e suas revistas atingem 28 milhĂ”es de pessoas.

Fonte: tro-ma-ktiko.blogspot.gr