O Facebook não respeitou as regras de reconhecimento facial: terá que pagar 550 milhões de dólares

Facebook ele desistiu e decidiu negociar um pagamento de US $ 550 milhões para se certificar de que um Ação de classe em causa, a empresa poderia ser definitivamente fechada. Essa ação legal foi tomada após um erro da rede social, que não cumpriu as regras contidas noLei de Privacidade de Informações Biométricas de Illinois, que regulam o armazenamento de dados biométricos.

Este caso começou em 2015, quando a empresa criou uma primeira versão de “sugestões de tags”, O que permitiu fazer um srostos cantando presente nas várias fotografias. Ao fazer isso, o Facebook supostamente violou uma lei que exige que as plataformas busquem consentimento explícito dos usuários antes de coletar dados biométricos, inclusive por meio do reconhecimento facial.

No 2018, um juiz federal mais tarde transformou o caso em uma ação coletiva. O Facebook decidiu se opor, mas logo depois perdeu o apelo. Para evitar que o conjunto seja prolongado por muito tempo, o grupo decidiu negociar uma compensação por US $ 550 milhões (Cerca de 500 milhões de euros). Embora possa parecer uma soma muito alta, na realidade não passa de uma parte muito pequena do US $ 21 bilhões das receitas calculadas no quarto trimestre de 2019.