O Byte distribuir√° a receita gerada pela publicidade aos usu√°rios

Byte, o aplicativo criado pelo co-criador do Vine, est√° tentando adquirir mais e mais usu√°rios, oferecendo-lhes uma parte do ganhos com publicidade. O objetivo da rede social seria emergir em um mercado atualmente cheio de concorrentes.

O aplicativo dedicado a v√≠deos curtos, sobre os quais falamos h√° alguns dias, inclui um parceria com o qual os usu√°rios podem monetizar o conte√ļdo publicado. No blog oficial, o grupo explicou como funciona: cada 120 dias as receitas de publicidade geradas por cada usu√°rio individual ser√£o calculadas e a remunera√ß√£o ser√° dividida em quatro parcelas. Obviamente, a compensa√ß√£o depender√° n√ļmero de espectadores.

Byte também gostaria de se estabelecer como uma rede social justa: um valor foi criado, reconhecível por seu nome Suporte de visualização, que indica o popularidade. Todos os usuários que estão em um determinado intervalo receberão a mesma compensação. Para se tornar parte dessa parceria, as partes interessadas devem solicitar um convite à equipe de desenvolvimento.

Esse nao é um caso isolado. No 2013, Além disso TSU começaram a propor uma parceria desse tipo, mas o resultado não foi satisfatório, o suficiente para levar os desenvolvedores a abandonar o projeto já em 2016. Não podemos deixar de descobrir se a ideia de Dom Hofmann alcançará sucesso graças também a esse tipo de recompensa.