O Apple Pay viola as leis antitruste da UE? A ComissĂŁo Europeia estĂĄ investigando

A Apple, de alguma forma, forçou as empresas de vendas a usar seu sistema de pagamento Apple Pay em detrimento das soluçÔes concorrentes? Isto Ă© o que ele estĂĄ tentando verificar ComissĂŁo Europeia, que confirmou Ă  agĂȘncia de notĂ­cias Reuters que havia procedido em agosto entre em contato com vĂĄrias empresas, enviando-lhes um questionĂĄrio destinado a verificar as prĂĄticas desleais e anticoncorrenciais da Apple, em violação das regras da UE.

“O questionĂĄrio perguntou se as empresas tinham uma obrigação contratual de habilitar um determinado mĂ©todo de pagamento e mesmo se esses contratos incluĂ­ssem condiçÔes para integrar o Apple Pay em seus aplicativos e sites”, lĂȘ o artigo da Reuters. “Os reguladores queriam saber se a Apple rejeitou os aplicativos da loja como incompatĂ­veis com os termos e condiçÔes para integrar o Apple Pay em seus aplicativos”.

Por seu lado, a Apple jĂĄ respondeu de alguma forma, declarando Ă  Reuters que “seu sistema de pagamentos oferece a solução mais segura atualmente disponĂ­vel no mercado, como evidenciado pelos milhares de bancos que o utilizam. O IPhone transformou completamente os pagamentos mĂłveis, oferecendo aos clientes uma opção de pagamento, incluindo dinheiro, cartĂŁo de crĂ©dito e cartĂŁo de dĂ©bito, alĂ©m de usar aplicativos de grandes bancos e instituiçÔes financeiras “.

Isso não é tudo, porque a Comissão também recebeu vårias reclamaçÔes de críticos da empresa Cupertino, por exemplo, sobre o fato de que o chip NFC integrado no iPhone e essencial para efetuar os pagamentos, selecione automaticamente o Apple Pay, impedindo-o de usar serviços alternativos. Também recentemente, parece que os iPhones foram ativados notificaçÔes que perguntam periodicamente aos usuårios se eles desejam ativar o Apple Pay no seu dispositivo O que outras pessoas estão dizendo