O Apple Card também está disponível fora dos EUA?

O Apple Card é o primeiro cartão de crédito da gigante de Cupertino. Apresentado há dois dias, foi abordado imediatamente em relação às suas características, principalmente no que se refere à funcionalidade Daily Cash (cashback real). O mercado em que atuará é o dos Estados Unidos, mas hoje o Goldman Sachs (Instituto de Crédito com o qual a empresa liderada por Tim Cook colaborou no projeto) disse que também foi possível na estréia no Fora dos Estados Unidos.

“Vamos deixar os Estados Unidos com o Apple Card, mas, com o tempo e em rela√ß√£o aos resultados, sem d√ļvida pensaremos na possibilidade de expans√£o do servi√ßo nos mercados internacionais“Disse Richard Gnodde, CEO da Goldman Sachs, falando em uma entrevista √† CNBC. N√£o foram fornecidos mais detalhes nem qualquer momento.

No entanto, é importante destacar o quão confiante Gnodde disse que estava sobre as chances de sucesso do Apple Card, principalmente graças à possibilidade de explorar uma marca forte e apreciada como a da empresa Cupertino. Além disso, a nova estratégia de Tim Cook para se concentrar principalmente em serviços (Notícias +, Canal de TV, TV +, Arcade) deve ser lida precisamente nessa direção.

Quem sabe se o Apple Card tamb√©m pode chegar √† Europa, onde, no entanto, evidentemente deve superar toda uma s√©rie de limites, primeiro a baixa propens√£o dos usu√°rios a usar cart√Ķes rotativos em compara√ß√£o com o que acontece nos Estados Unidos.