Navegadores baseados em Chromium salvam o URL baixado

VocĂȘ sabia que navegadores baseados no Chromium, como Google Chrome, Opera etc., armazenam o URL do endereço de origem de todos os arquivos baixados no Windows 10?

cromada

Usando essas informaçÔes, vocĂȘ poderĂĄ recuperar de um arquivo o URL de sua origem, desde que ele tenha sido baixado por um navegador baseado no Chromium. Alguns usuĂĄrios podem nĂŁo se incomodar com isso e podem ser informaçÔes Ășteis, mas definitivamente existem usuĂĄrios que nĂŁo ficarĂŁo satisfeitos com essa lĂłgica.

Encontre o URL dos arquivos baixados para o Windows via ChromiumO NTFS, o sistema de arquivos padrĂŁo das versĂ”es modernas do Windows, suporta o armazenamento de vĂĄrios fluxos de dados em um arquivo. O fluxo de dados padrĂŁo e ao mesmo tempo anĂŽnimo de um arquivo representa o conteĂșdo do arquivo, visĂ­vel no aplicativo relevante que Ă© aberto quando vocĂȘ clica duas vezes em File Explorer. Quando um programa abre um arquivo armazenado no NTFS, ele sempre abre o fluxo de dados anĂŽnimos, a menos que o desenvolvedor o codifique para um comportamento diferente. AlĂ©m do fluxo anĂŽnimo, os arquivos tambĂ©m podem ter fluxos de marca.

Quando vocĂȘ baixa um arquivo com um navegador baseado no Chromium, ele adiciona um fluxo de dados alternativo ao arquivo que contĂ©m o endereço completo de download da URL (link direto). Ele tambĂ©m salva uma pĂĄgina de referĂȘncia que permite ver em qual site vocĂȘ acabou de baixar o arquivo.

Para encontrar o URL de origem do arquivo baixado em um navegador baseado no Chromium, faça o seguinte: 1. Abra o PowerShell e vĂĄ para a pasta de download. Se vocĂȘ nĂŁo sabe como abrir o Powershell, clique com o botĂŁo esquerdo em Iniciar e digite Powershell. Em seguida, clique em Windows PowerShell. Obviamente, ele serĂĄ aberto imediatamente no caminho da pasta c: users σας your_name.

2. Execute o seguinte comando:

Get-Content “nome do arquivo” -Stream Zone.Identifier

Substitua o “nome do arquivo” pelo nome real do arquivo que vocĂȘ baixou.

Como vocĂȘ pode ver, o Chrome adiciona duas linhas, ReferrerURL e HostURL, para que qualquer pessoa com acesso ao seu computador possa localizar rapidamente onde baixou seus arquivos.

VocĂȘ tambĂ©m pode visualizar os URLs dos URLs onde baixou seus arquivos da pĂĄgina de download do navegador Chromium. Para o Chrome em particular, pressione Ctrl + J ao mesmo tempo para abrir a pĂĄgina de download.

Embora vocĂȘ possa excluir essas informaçÔes uma a uma na pĂĄgina de download e, melhor ainda, em todo o mundo, Ă© possĂ­vel excluir em massa todo o histĂłrico de downloads em ConfiguraçÔes> Componentes> Excluir dados de navegação> HistĂłrico de downloads, os dados tambĂ©m sĂŁo armazenados nos prĂłprios dados. arquivos, para que as informaçÔes permaneçam disponĂ­veis para qualquer pessoa.

Se vocĂȘ deseja remover todas essas informaçÔes, alĂ©m de excluir o histĂłrico de downloads pelo Chrome, tambĂ©m deve excluir essas informaçÔes dos prĂłprios arquivos. Para fazer isso, abra um PowerShell, vĂĄ para a pasta em que os arquivos que vocĂȘ deseja salvar os fluxos de dados estĂŁo armazenados e digite o seguinte comando:

dir -Recurse | Desbloquear arquivo

Este comando desbloquearå todos os arquivos na pasta e em todas as subpastas e excluirå todas as informaçÔes nelas.

Embora muitos de vocĂȘs achem esse recurso Ăștil, pois o ajudarĂŁo a recuperar o endereço de origem de cada arquivo, alguns usuĂĄrios nĂŁo ficarĂŁo felizes em vĂȘ-lo. Especialmente aqueles que lidam com dados confidenciais. Para um computador sujeito a exame forense pela polĂ­cia, essa informação pode revelar muito.