Motorola Edge +: a câmera de 108 megapixels passou pelo DxOMark

Com a Motorola voltando modelos principais Após uma ausência de vários anos, a empresa forneceu várias especificações impressionantes no papel, o que resta ver se elas se traduzem em um resultado satisfatório. Segundo o DxOMark, ele pode não impressionar as câmeras, mas certamente não decepciona.

O conhecido site passou nos testes das câmeras Motorola Edge +, com a pontuação total atingindo 113 pontos. Pode não ser o dispositivo dos dez primeiros, mas certamente não é decepcionante, pois atinge pelo menos os principais níveis do ano passado, como o Samsung Galaxy S10 + e o OnePlus 7T Pro.

Na foto, o Motorola Edge + reuniu 119 pontos, com o site informando que as fotos da câmera principal são caracterizadas por cores muito boas, detalhes agradáveis ​​e bom HDR, mas também baixo ruído em fotos noturnas. O foco automático é um dos elementos fortes do dispositivo, pois funciona de maneira confiável e correta em todas as condições de iluminação.

Motorola Edge +

Por outro lado, a lente grande angular tem um alcance muito menor do que o de outros fabricantes. Além disso, o ponto mais fraco do dispositivo é o zoom. A lente deles 108MP somente o zoom de até 3x é usado, com a lente telefoto de 8MP substituindo a partir daí, o que remove muita nitidez do resultado final dos downloads.

No vídeo, as coisas mudam muito. Com 101 pontos, o Motorola Edge + perde apenas um ponto do Galaxy S20 Ultra e iPhone 11 Pro Max. Tomado com análise 4K em 30 quadros segundos têm muito bons detalhes e impressionante HDR. Em condições de pouca luz, o Edge + consegue manter os níveis de ruído bastante baixos, superando o desempenho já impressionante do iPhone 11 Pro Max.

Parece que a Motorola, apesar de sua ausência, rapidamente pegou o pulso do mercado e quer oferecer um desempenho digno de seu alto preço. Não sabemos quando e a que preço veremos a nova proposta da empresa em nosso país. Deseja um dispositivo Motorola novamente ou acredita-se que perdeu seu glamour?