“Moedas de privacidade” s√£o amea√ßadas pelas novas regras do GAFI

MoedasO subconjunto de moedas digitais, chamado moedas privadas, muitas vezes dificulta as autoridades no processo de lidar com atividades criminosas.

Criptomoedas, como Monero, Zcash e Dash, permitir que as transa√ß√Ķes sejam feitas de maneira que dificultar que as plataformas de interc√Ęmbio cumpram as novas diretrizes internacionais para a preven√ß√£o de atividades ilegais relacionadas a criptomoedas.

Algumas plataformas de troca acham mais f√°cil parar de oferecer suporte a transa√ß√Ķes com criptomoedas espec√≠ficas, cumprindo os novos requisitos dos regulamentos de gerenciamento de riscos. Em agosto, a Coinbase UK parou de apoiar o Zcash. Alguns dias atr√°s, a OKEx OKEx Korea parou de oferecer suporte a Monero, Dash, Zcash, ZCache, Horizon e Super Bitcoin.

Um pesquisador disse que isso evita a existência de moedas de privacidade. Ele prevê que outras plataformas de troca deixarão de suportar essas criptomoedas no futuro.

Isso pode levar a um grande problema no mercado de criptomoedas. O valor das moedas caiu drasticamente. Monero caiu 30%, enquanto Dash caiu 40% e Zcash 50%.

As moedas de privacidade t√™m sido frequentemente objeto de discuss√£o. A Europol j√° lidou com Monero, Zcash e Bitcoin v√°rias vezes devido ao seu uso em atividades criminosas. Os criminosos aproveitam o fato de que as criptomoedas n√£o podem ser facilmente identificadas e as usam para sua fraude. Isso significa que eles podem ser usados ‚Äč‚Äčem crimes muito graves, como financiamento do terrorismo.

“Conseguimos identificar algumas moedas de privacidade, mas definitivamente existem alguns obst√°culos ao design”, disse um pesquisador.

O grupo de desenvolvedores por tr√°s do Monero disse que existe uma fun√ß√£o (ver teclas) que permite aos usu√°rios monitorar transa√ß√Ķes. Portanto, h√° uma maneira de control√°-lo.

Tanto os desenvolvedores de Monero quanto os de outras criptomoedas dizem que podem cumprir totalmente as regras da Força-Tarefa de Ação Financeira (GAFI).

“O Dash √© id√™ntico ao Bitcoin e √© 100% capaz de atender aos requisitos”, disse Ryan Taylor, CEO do Dash Core Group Inc.

Os desenvolvedores do Zcash apontam que sua criptomoeda possui um recurso que muitas outras moedas n√£o possuem. As informa√ß√Ķes do benefici√°rio e do remetente podem ser anexadas √†s transa√ß√Ķes. Portanto, funciona de acordo com a nova regra do GAFI.

Um defensor do Zcash disse: “Eu acho que est√° mais de acordo com as recomenda√ß√Ķes do GAFI do que a maioria das criptomoedas por a√≠”. Ele tamb√©m disse que as plataformas de troca podem exigir que os usu√°rios usem endere√ßos √≥bvios no Zcash e n√£o selecionem recursos de seguran√ßa adicionais que ofere√ßam mais privacidade.

As moedas de privacidade ainda s√£o muito populares e seus apoiadores dizem que o governo n√£o deve estar muito envolvido nessa √°rea.

Alguns dias atr√°s, a Binance, a maior plataforma de c√Ęmbio, disse que apoiaria Monero, Zcash e Dash. A Binance est√° sediada em Malta, que √© membro do Moneyval, um mecanismo que combate a lavagem de dinheiro e est√° vinculado ao GAFI.

O GAFI verificar√° se seus Estados Membros est√£o implementando seus novos regulamentos. O n√£o cumprimento delas pode levar ao fechamento de plataformas de c√Ęmbio.