Microsoft anunciou 7.800 novos despedimentos

A Microsoft anunciou uma nova rodada de demissÔes. Cerca de 7.800 trabalhadores deixarão a empresa, a maioria deles parte do departamento de desenvolvimento telefÎnico.

Redmond diz que as demissĂ”es “fazem parte de um plano para” reestruturar a empresa “. Segundo o mesmo plano, a empresa estĂĄ cortando US $ 7.600.000.000 em atividades de desenvolvimento como parte da aquisição da companhia telefĂŽnica finlandesa Nokia.satya nadella CEO da Microsoft

O CEO da Microsoft, Satya Nadella, jĂĄ alertou que “opçÔes difĂ­ceis estĂŁo chegando” e o anĂșncio de hoje Ă© certamente uma dessas decisĂ”es, especialmente porque a empresa estĂĄ demitindo milhares de desenvolvedores de desenvolvimento de telefones.

O anĂșncio de emprego de hoje ocorre apenas alguns meses depois que 18.000 pessoas foram demitidas (apĂłs o acordo de aquisição da Nokia).

A Microsoft diz que as demissÔes devem ser concluídas até o final do ano, mas ainda não estå claro se os funcionårios sairão em ondas.

A divisĂŁo de telefonia da empresa serĂĄ duramente afetada pelos novos cortes de empregos, por isso serĂĄ interessante ver o que Satya Nadella pensa sobre o desenvolvimento do Windows 10 Mobile e se isso afetarĂĄ o futuro dos aparelhos da Microsoft.

Lembre-se de que Stephen Elop, ex-chefe da Nokia que trabalhou para a Microsoft após a aquisição da empresa finlandesa, jå foi demitido, juntamente com outros executivos de alto nível.

Ninguém pode imaginar o futuro da empresa, exceto talvez quem a visse, mas, como parece até agora, Redmond parece estar investindo mais em seu sistema operacional que a tornou conhecida.