Mi Band 4C oficial: é um déjà vu

Xiaomi oficializou o Mi Band 4C. Conforme antecipado por rumores anteriores, o novo rastreador de fitness do fabricante chinês nada mais é do que uma versão renomeada da Redmi Band anunciada em abril. No momento, a nova criatura chegou à Malásia. Não sabemos se ele também chegará a outros mercados, como o italiano, mas as chances são muito altas.

Como mencionado, nada muda em compara√ß√£o com o primeiro rastreador de fitness Redmi do ponto de vista t√©cnico e est√©tico. O monitor √© um painel LCD TFT retangular de 1,08 polegadas, colorido e com tela sens√≠vel ao toque, com brilho de mais de 200 nits. Obviamente, n√£o faltam todas as fun√ß√Ķes t√≠picas desses dispositivos: rastreamento da freq√ľ√™ncia card√≠aca gra√ßas ao sensor PPG, contagem de passos, calorias queimadas, recep√ß√Ķes de notifica√ß√Ķes e controle de m√ļsica.

Existem cinco modos de esporte rastreáveis: corrida ao ar livre, esteira, exercício livre, ciclismo e caminhada rápida. O monitoramento do sono também está presente. Nenhum chip NFC para pagamentos móveis. Mi Band 4C é resistente à água até 50 metros. A bateria de 130 mAh deve garantir duas semanas de autonomia. Ao contrário da Mi Band, neste caso o carregamento é confiado à porta USB e não para um padrão proprietário.

O Mi Band 4C tamb√©m deve estrear na Europa, mas aguardamos informa√ß√Ķes oficiais da Xiaomi. Quanto ao pre√ßo, na Mal√°sia, √© vendido a cerca de 16 euros por c√Ęmbio. Na Europa, poderia ter um pre√ßo menor do que o Mi Band 5, cujo valor deve ficar em torno de 35 euros. Veremos.