Mi A1 é oficial, Xiaomi finalmente chega à Europa

Xiaomi Mi A1 foi apresentado oficialmente durante uma transmiss√£o ao vivo em Youtube. √Č o primeiro smartphone da empresa chinesa tamb√©m destinado ao mercado europeu, baseado na plataforma Android One do Google. Um dispositivo que, considerando a rela√ß√£o qualidade / pre√ßo, possui todas as credenciais para se tornar uma melhor compra.

Alguns dias atrás, fizemos um estudo sobre a possibilidade de Xiaomi poderia fazer um acordo com Google, na lógica de começar a vender smartphones baseados no Ocidente Android One.

Xiaomi Mi A1

A plataforma Android One foi concebido pela Big G para a cria√ß√£o de smartphones baratos com um sistema operacional sem personaliza√ß√£o. A l√≥gica √© dupla: por um lado, garantindo atualiza√ß√Ķes constantes para a vers√£o mais recente do rob√ī verde; por outro, comercializar dispositivos que possam ser atraentes para mercados emergentes.

Tela 5,5 polegadas Full-HD, 1.920 x 1.080, 403 ppi, IPS LCD, Gorilla Glass
SoC Snapdragon 625 Octa-Core 2.0 GHz
GPU Adreno 506
RAM 4GB
Armazenamento 64 GB expansível via micro-SD até 128 GB
C√Ęmera frontal 5 MP
C√Ęmera traseira C√Ęmera dupla, 12 MP f / 2.2 telefoto + 12 MP f / 2.6 grande angular, flash LED de tom duplo
Conectividade Dual SIM 4G híbrido VoLTE, Bluetooth 4.2, porta de infravermelho, Wi-Fi ac de banda dupla, GPS + GLONASS, rádio FM
redes Gato LTE. 12, bandas 1, 3, 5, 7, 8, 20 (a confirmar)
Segurança Sensor de reconhecimento de impressão digital localizado na parte traseira
Bateria 3.080 mAh
recarregar USB tipo C, carregamento r√°pido
dimens√Ķes 155,4 x 75,8 x 7,3 mm
Peso 165 gramas
Sistema operacional Estoque do Android 7.1.2 Nougat, atualizado para o Android Oreo até o final de 2017
cores Preto, ouro, ouro rosa
Pre√ßo 14.999 r√ļpias indianas, 199 euros (a confirmar)

Ent√£o aqui nasce Xiaomi Mi A1 √© praticamente o g√™meo do 5X me apresentado em 26 de julho de 2017, por√©m sem a interface gr√°fica personalizada MIUI. As especifica√ß√Ķes t√©cnicas s√£o, por conseguinte, as mesmas (Snapdragon 625, 4 GB de RAM, tela de 5.5 polegadas Full-HD), bem como o aspecto est√©tico, com um corpo met√°lico unibody interrompido pelo sensor de impress√£o digital e pelo m√≥dulo de c√Ęmera dupla, ambos posicionados na parte traseira.

xiaomi mi a1

Como j√° foi dito, a primeira grande novidade √© a experi√™ncia do usu√°rio em a√ß√Ķes da Android a bordo de um smartphone Xiaomi. A escolha da empresa chinesa n√£o foi acidental e poderia ser o elemento vencedor para a conquista do mercado europeu.

Leia também: Xiaomi Mi 5X é oficial, finalmente o MIUI 9 está aqui

Estoque Android √© de fato muito apreciado de nossa parte, e tamb√©m a possibilidade de receber constantemente os √ļltimos lan√ßamentos do rob√ī verde pode representar a agulha real da balan√ßa na escolha do usu√°rio em rela√ß√£o ao segmento m√©dio-baixo.

xiaomi mi a1

Geralmente, de fato, quem compra smartphones topo de gama Android, √© mais ou menos seguro receber atualiza√ß√Ķes do sistema operacional por um determinado per√≠odo de tempo (obviamente com algumas exce√ß√Ķes). Por outro lado, aqueles que optam por dispositivos m√©dios e low-end, geralmente enfrentam o abandono precoce, do ponto de vista do software, de seus smartphones.

Xiaomi Mi A1apesar das excelentes especifica√ß√Ķes t√©cnicas, foi colocado na √ćndia em 14.999 r√ļpias indianas (dispon√≠vel a partir de 12 de setembro). O pre√ßo, na taxa de c√Ęmbio, seria de 199 euros, e n√£o deve diferir muito do que ser√° a lista da Europa. Portanto, ele atende √†s necessidades de todos aqueles que n√£o desejam gastar n√ļmeros de dispositivos premium, mas sem sacrificar a qualidade e o desempenho da constru√ß√£o.

xiaomi mi a1 24

Excelentes notícias também para a presença do agora famoso banda 20, geralmente ausente em smartphones Xiaomi. Embora ainda não haja confirmação oficial sobre o assunto, várias operadoras de telefonia operando nos países de disponibilidade do I A1 eles o usam, então é muito provável que ele esteja presente neste dispositivo.

Leia também: Xiaomi, e se o Google fosse o cartão para conquistar a Europa?

Entre os pa√≠ses europeus previstos para comercializa√ß√£o, a It√°lia n√£o aparece (pelo menos por enquanto). √Č claro, no entanto, que, dada a venda oficial na Europa, esse Xiaomi Mi A1 ser√° muito mais f√°cil comprar para n√≥s italianos, sem ter que passar por longas remessas ou costumes, sem esquecer a presen√ßa padr√£o do Loja de jogos e tudo Servi√ßos do Google. No entanto, aguardamos comunica√ß√Ķes sobre a data de disponibilidade fora da √ćndia.

Xiaomi Mi A1

Em conclus√£o, Xiaomi experimente o figur√£o. O desembarque na Europa poderia representar, para a empresa chinesa, o √ļltimo passo decisivo para poder buscar 3 principais fabricantes mundiais de telefones. As pr√©-condi√ß√Ķes para isso I A1 pode ser a melhor op√ß√£o, j√° √© hora de aguardar a resposta do mercado.

Atualização de 09/09/2017

Esperando que ele chegue às lojas europeias, o Xiaomi Mi 1A já está disponível online no GearBest por cerca de 206 euros.


Tom’s Recommend

L√° C√Ęmera de a√ß√£o Xiaomi Yi representa uma das c√Ęmeras de a√ß√£o com a melhor rela√ß√£o qualidade / pre√ßo. Gravar v√≠deo em Full-HD a 60 FPS ou em HD a 120 FPS e pode ser adquirido atrav√©s Amazonas para 80 euros.