Mercado de tablets ainda estĂĄ caindo, a Apple continua lĂ­der

Como estão as vendas de tablets? Ruim. Pelo sétimo trimestre consecutivo, quase dois anos, o mercado mostra um sinal de menos: com 38,7 milhÔes de entregas no segundo trimestre de 2016, a empresa de anålise IDC certificou uma queda de 12,3% em relação ao mesmo período do ano passado.

Em um cenĂĄrio em que as empresas estĂŁo revendendo sua oferta e os consumidores nĂŁo estĂŁo dispostos a comprar, a maioria dos tablets enviados no segundo trimestre possuĂ­a o sistema operacional Android (65%). A seguir, destacados, os produtos Apple iOS (26%), com os dispositivos equipados com Windows, compartilham o compartilhamento restante.

ipad pro

Segundo o analista Jitesh Ubrani, mesmo neste mercado difĂ­cil de interpretar, Ă© possĂ­vel ver alguns sinais, como a abertura para os produtos Windows pelos principais fabricantes de tablets Android e a valorização do pĂșblico pelos produtos mais completos (Surface Pro, iPad Pro, etc.).

“O mercado falou. Pesquisa de consumidores e empresas fator de forma e sistemas operacionais mais produtivos – essa Ă© a razĂŁo pela qual vemos um crescimento contĂ­nuo de produtos 2 em 1. No momento, Ă© difĂ­cil para o Android competir com produtos 2 em 1 para iOS ou Windows. Os prĂłximos 12 a 18 meses serĂŁo muito interessantes, pois o Google apresentarĂĄ a prĂłxima versĂŁo do Android com melhor suporte a multitarefas e começarĂĄ a aproximar seus dois sistemas operacionais “.

Dados da IDC no mercado de tablets no segundo trimestre de 2016
(Entregas em milhÔes)
Produtor Unidades entregues 2016 Quota de mercado 2016 Unidades entregues em 2015 Quota de mercado 2015 Crescimento anual
1. Apple 10.0 25,8% 11,0 24,9% -9,2%
2. Samsung 6.0 15,6% 8.0 18,2% -24,5%
3. Lenovo 2.5 6,6% 2.5 5,6% 3,1%
4. Huawei 2.2 5,6% 1.3 2,9% 71,0%
5. Amazon 1.6 4,0% 0,1 0,3% 1208,9%
Outras 16,4 42,4% 21,3 48,2% -22,9%
Total 38,7 100,0% 44,1 100,0% -12,3%

Dentro do mercado de tablets, de fato, Os produtos 2 em 1 (ou destacĂĄveis, com teclado destacĂĄvel) representam trĂȘs quartos das vendas. A Apple continua sendo a lĂ­der do setor, com uma participação de 25,8% no segundo trimestre, seguida pela Samsung com 15,6%.

De acordo com a IDC, o lançamento do iPad Pro de 9,7 polegadas ajudou a reduzir a queda nas entregas para 9%, enquanto a casa sul-coreana manteve o segundo lugar graças a uma cobertura “metĂłdica” das faixas de preço, com produtos de diferentes caracterĂ­sticas e com diferentes dimensĂ”es. ApĂłs a Lenovo, a Huawei (apesar de uma partida complicada para o Matebook, com especificaçÔes nĂŁo alinhadas com o preço) e a Amazon com os produtos Fire.