Mercado de smartphones na It√°lia, o boom da Huawei com + 413%!

Huawei se registrou na It√°lia Crescimento de 413% entre junho de 2015 e junho de 2017. √Č isso que emerge do novo relat√≥rio criado por comScore, que nos fornece uma fotografia interessante do setor de smartphones em nosso pa√≠s. A empresa chinesa minimizou agora a diferen√ßa para ma√ß√£, continuando a diminuir tamb√©m a dist√Ęncia em dire√ß√£o a Samsung, que ainda mant√©m a primazia.

Entrando em detalhes, a fotografia tirada por comScore em junho de 2017. Tendo em considera√ß√£o a distribui√ß√£o das quotas de mercado de cada marca no p√ļblico italiano de smartphones, Samsung det√©m uma quota de mercado de 37,5% (abaixo de 41,9% em junho de 2016), seguido por ma√ß√£ (18,7%), √© Huawei com 16,3%, que dobra o n√ļmero de usu√°rios no ano passado e registra + 413% em uma escala bienal.

Mercado de smartphones na It√°lia

Eles seguem Nokia (que perde 3,6 pontos percentuais em um ano), LG, Wiko e Asus, que alcan√ßam em geral 14,5% da participa√ß√£o de mercado. Para destacar como, apesar dos eventos dos √ļltimos anos, a empresa finlandesa continua mantendo uma certa participa√ß√£o no mercado italiano, um sinal claro do apelo mantido por essa marca em nosso pa√≠s.

Leia também: Mercado de smartphones Q2 de 2017, a Huawei está a um passo da Apple

Ao focar nos modelos individuais de smartphones, descobrimos como 1,7 milh√£o de usu√°rios relataram que compraram um novo smartphone nos √ļltimos 30 dias em junho de 2017. Entre estes, 79% escolheram um dispositivo com sistema operacional Android, enquanto 18,6% escolhem um dispositivo Apple / iOScom Microsoft para em 2,2%.

Mercado de smartphones na It√°lia

o Samsung Galaxy S8 foi o smartphone mais comprado nos 30 dias examinados, com Huawei que conseguiram colocar cinco modelos entre os dez primeiros (P9 Lite, P8 Lite, P8 Lite 2017, P10 Lite, P10 Plus) Uma demonstração concreta de como a empresa chinesa construiu seu sucesso na parte baixa e média do setor.

Al√©m disso, analisando o custo dos novos smartphones, mais de um quinto dos compradores gastou mais de 400 euros, enquanto para 17% dos usu√°rios o custo do novo dispositivo estava na faixa de 170 a 249 euros. A seguir, com 15,2%, o intervalo entre ‚ā¨ 125 e ‚ā¨ 169.

Mercado de smartphones na It√°lia

Primeiro dos dois modelos ma√ß√£ destaque no top 10 foi o iPhone 5s 16 GB, que com 2,5% ocupam o quinto lugar, √† frente dos mais recentes iPhone 7 32 GB 2,1%. Um n√ļmero um tanto surpreendente, considerando como o 5s foi lan√ßado no mercado no agora distante 2013, mas que pode representar uma indica√ß√£o importante sobre os gostos dos usu√°rios italianos em rela√ß√£o ao tamanho do smartphone.

A queda Microsoft para 6,9% (era 10,5% um ano atrás) eo lento desaparecimento de outros sistemas operacionais (incluindo Amora), em geral cerca de 1%, contrabalançam a posição de liderança da Android, que ficou em 73,5%, obviamente seguido por iOS com 18,7% de participação de mercado.

Mercado de smartphones na It√°lia

Os dados relativos às características dos smartphones preferidos pelos italianos são extremamente significativos. Os dispositivos comprados nos 30 dias em análise têm tamanhos de tela entre 5 e 5,5 polegadas em 43,7% dos casos, e acima de 5,5 polegadas em 27,9% dos casos.

A tend√™ncia de preferir telas cada vez maiores √© confirmada levando em considera√ß√£o todo o p√ļblico italiano de smartphones, que registra o maior crescimento em termos de usu√°rios para telas acima de 5,5 polegadas (+ 69%)e entre 5 e 5 polegadas (+ 57% em rela√ß√£o a junho de 2016), que agora representam a maioria dos smartphones (usados ‚Äč‚Äčpor 40,1% dos usu√°rios).

Mercado de smartphones na It√°lia

Uma situação consistente com as escolhas recentes dos fabricantes de smartphones, que estão adotando cada vez mais design sem fronteiras na lógica de poder integrar telas maiores sem aumentar necessariamente o tamanho geral dos smartphones.

Leia também: Mercado de smartphones, marcas chinesas são cada vez mais assustadoras

Em suma, como já tínhamos notado em nível global, a liderança de Samsung é maçã está cada vez mais ameaçada pelas marcas chinesas. Na Itália, A exploração da Huawei confirma que a empresa agora é vista como uma marca de alto nível, capaz de conquistar até a grande distribuição. Ultrapassar a empresa Cupertino, orçada pela gerência em 2018, parece estar ao nosso alcance.


Tom’s Recommend

o Huawei P8 Lite 2017 √© um dos smartphones com a melhor rela√ß√£o qualidade / pre√ßo apresentado este ano. Apresentando uma tela de 5.2 polegadas Full-HD, 3 GB de RAM e c√Ęmera de 12 MP, podem ser adquiridos atrav√©s Amazonas para 199 euros.