Mensagem do defensor anônimo do estágio de hackers na Grécia (GHS)

A SecNews transmite uma opinião de uma mensagem de um apoiador do Greek Hacking Stage (GHS) enviado por um leitor que deseja manter o anonimato. Abaixo está a mesma mensagem sem alterações corretivas da equipe editorial:

“Nos últimos meses, notei que muitos gregos (amigos e não-hackers), ideologicamente cinzentos, estão atacando, expondo os bancos de dados dos vários <…>

websites – a maioria dos jovens hackers, sem deixar Deface que possa “justificar” sua ação, deixando, por exemplo, uma mensagem social.

Claro, não quero dizer o Deface que todos nós encontramos com “moles lave” e “Helladara” porque eles não são diferentes do chapéu preto, independentemente de sua mensagem patriótica na primeira fase. Meu comentário é por esse motivo. Muitos, por várias razões, não deixam uma mensagem, mas apenas revelam informações pessoais de usuários-administradores. É aqui que está o problema … Para muitos, o GHS está começando a ser considerado uma equipe sem opiniões. Que a maioria dos usuários é caracterizada como hacker Black Hat, o que significa que seus ataques têm apenas um benefício pessoal ou o fazem apenas por diversão.

Por isso, peço aos novos hackers que mantenham o “legado” do Palco e seus ataques aos sites para “encontrar um alvo”, a fim de usar nosso conhecimento para o melhor objetivo possível, sem destruí-lo. Um exemplo típico é o desfecho de 28 de outubro e não o do hospital Tzanio (se bem me lembro).

Gostaria também de parabenizar a equipe editorial da Secnews pelo site muito legal, desde que você mantenha seus leitores informados. ”

Nota SecNews: Caro leitor, obrigado por suas amáveis ​​palavras. Nosso esforço para manter os leitores informados é contínuo e diário, com confiabilidade e dignidade nos assuntos abordados em nosso site. Suas mensagens nos dão a força para continuarmos ainda mais ativamente.

É claro que cometeremos erros que queremos apontar para que possamos melhorar. Nossa participação no sucesso do site é muito pequena. É o resultado exclusivo de sua própria participação dinâmica e ativa que desejamos e buscamos.

Muito obrigado a todos.

Equipe editorial da SecNews