Mate 20 e Mate 20 Pro: produtividade com o topo de gama Huawei РEdição de fotos

Ap√≥s o primeiro epis√≥dio, no qual mostramos o potencial de produ√ß√£o do Mate 20 e Mate 20 Pro, gra√ßas ao modo “Easy Projection”, hoje chamamos nossa aten√ß√£o de volta para os atuais smartphones topo de gama da Huawei. De fato, decidimos aproveitar esses recursos para opera√ß√Ķes ainda mais complexas do que escrever artigos: hoje vamos lidar com a edi√ß√£o de fotos.

√Č uma √°rea – a fotogr√°fica – em que os dois smartphones est√£o particularmente focados. Em nossa an√°lise, definimos o Mate 20 Pro como um dos melhores dispositivos para tirar fotografias, principalmente √† noite, gra√ßas principalmente aos tr√™s sensores traseiros assistidos por algoritmos de intelig√™ncia artificial.

No entanto, a quest√£o da edi√ß√£o √© mais complexa. Nesse caso, de fato, os smartphones colidem inevitavelmente com o fator de forma e o modo de intera√ß√£o: as telas s√£o muito pequenas e a tela sens√≠vel ao toque √© muito desconfort√°vel para tornar a foto retocada um pouco mais profissional, talvez para quem exerce certas profiss√Ķes ou para aquelas. ele trabalha com redes sociais. E √© precisamente nessa perspectiva que o modo de proje√ß√£o f√°cil √© √ļtil.

Acesso ao modo de projeção fácil

O procedimento √© realmente intuitivo, praticamente n√£o requer etapas, pois tudo √© gerenciado automaticamente pelo software. Na primeira vez em que voc√™ o usa, o smartphone exibe as telas que voc√™ pode observar na galeria abaixo, que ilustra simplesmente como ele funciona. Basicamente, a √ļnica coisa a fazer √© colocar o monitor externo (ou at√© uma TV) na sa√≠da HDMI √† qual o Mate 20 ou o Mate 20 Pro foi conectado.

Mate 20 Pro à esquerda, Mate 20 à direita

Discurso diferente, caso você queira usar o modo sem fio Easy Projection, portanto, sem o uso do cabo, usando o padrão Miracast. Como dito no início, é necessário um monitor externo ou uma TV compatível com este protocolo. Se você tiver disponível, basta seguir o procedimento abaixo.

  1. V√° para as configura√ß√Ķes
  2. Selecione o item “Conex√£o do dispositivo”
  3. Selecione o item “Proje√ß√£o f√°cil”
  4. Habilite a op√ß√£o ‚ÄúProje√ß√£o sem fio‚ÄĚ e selecione a fonte externa que aparecer√° imediatamente abaixo

Quando o acesso for conclu√≠do, independentemente de ser realizado com o cabo ou sem fio, voc√™ se encontrar√° na frente da tela que √© retratada na imagem: uma barra de ferramentas na parte inferior, com algumas informa√ß√Ķes √† direita (Wi-Fi, recep√ß√£o, porcentagem da bateria etc …) e, √† esquerda, o bot√£o para acessar os v√°rios aplicativos instalados no Mate 20 ou Mate 20 Pro; duas colunas de programas, que voc√™ encontrar√° com mais frequ√™ncia nesse modo. Em suma, pelo menos graficamente, um sistema operacional de desktop.

O uso do software de retoque de fotos

Aproveitando a possibilidade de conectar mouse e teclado sem fio, entender bem como editar fotos se torna uma experiência muito mais gratificante, também porque você tem uma tela externa com uma diagonal muito ampla. O Mate 20 e o Mate 20 Pro têm um aplicativo de retoque de fotos integrado diretamente na galeria.

√Č um servi√ßo completo para edi√ß√£o b√°sica. Al√©m da possibilidade de adicionar uma s√©rie de filtros √†s fotos, tamb√©m permite ajustar o foco e em toda uma s√©rie de par√Ęmetros como brilho, contraste, satura√ß√£o, nitidez, sombras e matiz. Obviamente, tamb√©m h√° a possibilidade de cortar e girar as imagens √† vontade, de acordo com as necessidades.

No entanto, pensamos em ir além, instalando nos dois smartphones todo o pacote móvel do Photoshop: do Sketch ao Express, passando pelo Mix, até o Fix. Os aplicativos que, apesar de não oferecerem todos os recursos presentes nas contrapartes da área de trabalho, ainda permitem realizar uma edição de fotos decididamente completa em dispositivos móveis, quase profissional, sabendo como usar as ferramentas disponíveis.

Um aspecto importante tamb√©m deve ser enfatizado. Nenhum dos aplicativos do pacote Photoshop √© otimizado para o Easy Projection, como √© esclarecido com uma mensagem na tela a cada in√≠cio. Apesar disso, por√©m, n√£o encontramos nenhum bug ou problema cr√≠tico que seja, gerenciando com seguran√ßa para us√°-los todos no modo em quest√£o. O √ļnico que – de fato – n√£o funciona porque n√£o pode carregar imagens do arquivo √© o Lightroom CC.

Ser capaz de usar mouse e teclado externos realmente faz a diferença com o pacote do Photoshop. Os recursos são bem conhecidos, mas a possibilidade de explorar um sistema de entrada físico combinado com um monitor externo fornece ao usuário uma experiência completamente diferente daquela com a qual nos acostumamos aos smartphones. E então, no caso específico do Mate 20 e Mate 20 Pro, tudo é suportado por uma plataforma de hardware que também convence nesse contexto.

O Kirin 980 quase nunca entra em problemas. As temperaturas permanecem abaixo de 50 ¬į cent√≠grados mesmo ap√≥s o uso prolongado do modo Easy Projection, portanto, sem nunca perceber o calor da parte traseira dos smartphones. Os dois n√ļcleos de alto desempenho atingem 2,26 GHz somente quando energia espec√≠fica √© necess√°ria e s√£o capazes de manter a frequ√™ncia constantemente. Os 2 GB de RAM a menos que o Mate 20 s√£o percebidos apenas em algumas situa√ß√Ķes.

Em resumo, a experi√™ncia de edi√ß√£o de fotos com o modo Easy Projection √© algo profundamente diferente em compara√ß√£o com a simples possibilidade de conectar um monitor externo ao smartphone. A esperan√ßa √© que a Huawei continue trabalhando para expandir o n√ļmero de aplicativos que o suportam oficialmente, pois mesmo com o Photoshop, √© poss√≠vel observar, em alguns casos, uma visualiza√ß√£o n√£o perfeita dos elementos na tela. No entanto, nada que comprometa a produtividade.