Mais de 16 milhões de dispositivos móveis expostos a malware

dispositivos móveis

Um estudo recente publicado pela Alcatel-Lucent Motive Security Labs relatou que 16 milhões dispositivos móveis em todo o mundo, eles estão infectados com malware.

Os especialistas em segurança observaram um aumento significativo nas ameaças cibernéticas para dispositivos móveis e outros dispositivos móveis, bem como um aumento nas ameaças às redes de comunicações. O crescente número de ataques avançados ameaça informações pessoais e corporativas e representa uma séria ameaça à segurança das empresas, mas também à segurança dos dados pessoais dos usuários.

O Relatório de Malware do Motive Security Labs H2 2014, publicado pela Alcatel-Lucent Motive Security Labs, fornece uma análise detalhada das tendências e estatísticas sobre infecções por malware com malware.

Especialistas confirmaram um grande aumento no desenvolvimento de ataques a dispositivos móveis, com um aumento de 25% em 2014, em comparação com 20% em 2013.

Em dezembro de 2014, a taxa de infecção atingiu 0,68%, o que corresponde a quase 16 milhões de dispositivos móveis e móveis em todo o mundo.

Especialistas confirmaram que o malware direcionado a dispositivos móveis evoluiu em complexidade em relação às ameaças direcionadas por outras redes. Portanto, o spyware móvel é a ameaça número um no momento.

O malware é usado para atividades maliciosas, incluindo espionagem corporativa e pessoal, roubo de dados, bloqueio de serviços com ataques a redes comerciais e governamentais e fraude bancária e publicitária. O relatório também aborda a relutância e o medo dos usuários em fazer compras on-line via dispositivos móveis, devido ao medo de usar cartão de crédito ou débito.

Afinal, as inúmeras violações de dados que afetaram o setor de vendas on-line resultaram no roubo de dados e dados do usuário.