Maior proteção no Android pelo Google este ano

Android

O Google estabeleceu importantes melhorias de segurança para Android, desde o ano passado, e isso parece ter valido a pena com o SE Linux (SE Android), Verify Apps e Safety Net, bloqueando efetivamente ataques ao sistema operacional Android, reduzindo significativamente o número de aplicativos perigosos instalados em dispositivos móveis.

O primeiro relatório de segurança divulgado pela empresa afirma que menos de 1% dos dispositivos Android têm um aplicativo perigoso instalado e apenas 0,15% dos usuários que usam apenas o Google Play têm um aplicativo perigoso no dispositivo. O número médio de aplicativos maliciosos instalados em todo o mundo caiu pela metade entre o primeiro e o último trimestre de 2014.

Lançado em abril passado, o Verify Apps oferece mais proteção no Android e é suportado nas versões 4.2 e superior. Sua característica é que ele varre constantemente os aplicativos do Google Play e de fontes de terceiros por motivos de segurança.

A Safety Net controla a configuração do dispositivo para garantir a segurança máxima do sistema e os aplicativos que não reestruturei secretamente dos direitos do usuário que afetarão sua privacidade. O recurso coleta dados sobre como os dispositivos são usados ​​e analisa as maneiras possíveis de serem usados ​​por terceiros, não apenas em termos de aplicativos, mas também em termos de conexões de rede, analisando 400 milhões de conexões diariamente.

Ele também monitora as conexões SSL feitas entre dispositivos e sites Android, garantindo que a integridade da chamada comunicação criptografada permaneça segura. O sucesso dessa operação no ano passado foi o controle de ataques SSLv3 após a descoberta do POODLE.

Segundo Chris Czub, pesquisador de segurança da Duo Security, esses recursos deram ao Google uma arma muito poderosa para lidar com ataques e proteger usuários.