Macs com processadores ARM podem chegar já no próximo ano

A Apple já passou por várias mudanças na arquitetura do Mac na história e parece que a próxima pode acontecer no próximo ano. É isso que emerge das informações publicadas pela Bloomberg, que afirma que Apple pode lançar os primeiros Macs baseados em ARM em 2020.

A Apple não é nova nas mudanças na arquitetura: a empresa havia realmente mudado dos processadores Motorola para os PowerPCs (desenvolvidos em colaboração com Motorola e IBM) e, em 2005, decidiu adotar a arquitetura x86 da Intel. A próxima mudança pode ocorrer em 2020, como a Apple gostaria de se afastar da Intel para oferecer aos Macs processadores de arquitetura ARM desenvolvidos por ela mesma.

Os processadores da série A provaram que podem competir com os processadores x86 em muitas cargas de trabalho, incluindo edição de vídeo, embora com limitações de desempenho. No entanto, essas limitações se devem principalmente à necessidade de reduzir o consumo (e as temperaturas) para inserir processadores em dispositivos como iPhones e iPads. Em um computador, com um sistema de dissipação ativo e baterias mais capazes, é concebível que os desempenhos não sejam muito diferentes dos processadores de médio porte com arquitetura x86 em muitas cargas de trabalho.

A intenção da Apple de mudar para processadores ARM para Mac também é indicada por processo de unificação em andamento entre iOS e macOS: se não do ponto de vista da funcionalidade e da interface, pelo menos do ponto de vista do aplicativo. A Apple pretende unificar os aplicativos, para que haja apenas um pacote executável no macOS e no iOS – um fato que seria muito mais conveniente se os sistemas operacionais tivessem a mesma arquitetura de processador subjacente. Esse plano deve se concretizar em 2021, teoricamente um ano após o lançamento dos primeiros Macs baseados em ARM, mas no ano passado é possível portar do iOS para o macOS.

O principal problema nessa transição será o da fase intermediária, na qual as máquinas x86 terão que coexistir com as do ARM. Esse período será o mais delicado, já que a Apple precisará apoiar os desenvolvedores a trazer seus aplicativos para a nova plataforma da maneira mais simples possível.

Artigos Relacionados

Back to top button