Lordfenix: O jovem de 20 anos que escreveu mais de 100 trojans banc√°rios

A Trend Micro descobriu Lordfenix, um estudante que criou mais de 100 cavalos de Troia banc√°rios diferentes e outras ferramentas maliciosas desde abril de 2013.Lordfenix

Os especialistas em segurança da Trend Micro descobriram um estudante brasileiro de 20 anos que desenvolveu e distribuiu mais de 100 malwares bancários.

O jovem cibercriminoso, que usava os apelidos “Lord fenix”, ‘Hacker’s Son’ e ‘Filho de Hacker’, vende todos os cavalos de tr√≥ia do setor banc√°rio por cerca de US $ 300 desde 2013. A Trend Micro informou que o estudante iniciou sua atividade se aproximando interessado em f√≥runs de hackers, onde encontrou a colabora√ß√£o de outros editores de malware.

Desde a sua cria√ß√£o, a Lordfenix “desenvolveu suas habilidades” e, consequentemente, desenvolveu seus neg√≥cios, desenvolvendo malware com base nas necessidades de seus clientes.

Lord fenix come√ßou sua carreira oferecendo vers√Ķes gratuitas do c√≥digo-fonte totalmente funcional do Trojan do banco no f√≥rum underground.

A vers√£o gratuita funcionou para atingir clientes de quatro bancos brasileiros, incluindo o Banco do Brasil, Caixa e HSBC Brasil.

O modelo que se seguiu foi eficiente: Lordfenix ofereceu um ajuste adicional de trojans banc√°rios para atingir outras institui√ß√Ķes financeiras.

“Desde ent√£o, a Lordfenix continuou a desenvolver e vender Trojans banc√°rios, um dos quais identificamos como TSPY_BANKER.NJH. Este Trojan √© capaz de identificar cada vez que um usu√°rio digita qualquer um dos URLs de seus bancos de destino. Isso inclui o Banco de Brasil, a Caixa e o HSBC Brasil. ” A Trend Micro afirma em sua declara√ß√£o.

Lord fenix: brasileiro de 20 anos escreveu mais de 100 trojans banc√°rios Lordfenix

Ao longo dos anos, o Lord fenix melhorou seu malware, adicionando outros recursos, como proteção contra produtos de segurança.

O malware Lord fenix é capaz de detectar e encerrar o processo GbpSV.exe associado ao software G-Buster Browser Defense, um programa de segurança usado por muitos bancos brasileiros para proteger seus usuários.

SecNews