LG deixa o mercado chinĂȘs por muita concorrĂȘncia?

O mercado chinĂȘs Ă© um dos mais importantes dos Ășltimos anos na ĂĄrea de smartphones, devido ao seu tamanho e ao enorme potencial de crescimento do setor em expansĂŁo. Mas, de acordo com Sohu, LG teria confirmado a decisĂŁo de deixar a China devido Ă s enormes perdas devido Ă  concorrĂȘncia no paĂ­s asiĂĄtico. Marcas locais como Oppo, Huawei, Vivo, Xiaomi se saem melhor, com apenas a Apple capaz de competir entre os grandes nomes do setor.

LG G5

“A LG saiu do ramo de telefonia mĂłvel na China”, disse um representante da empresa no escritĂłrio de Pequim. A decisĂŁo foi tomada apĂłs anos de perdas econĂŽmicas e apĂłs registrar uma perda operacional de quase US $ 200 milhĂ”es apenas no quarto trimestre de 2017. A empresa admitiu no final de janeiro que sua divisĂŁo de smartphones enfrentara “uma concorrĂȘncia muito forte” com marcas locais.

ConcorrĂȘncia que levou Ă s perdas mencionadas acima. AlĂ©m disso, de acordo com o que a Strategy Analytics escreveu, as quotas de mercado da LG na China eles estĂŁo bem abaixo de 1%, onde as marcas nacionais estĂŁo literalmente despovoando, deixando apenas as migalhas para as grandes marcas mais populares do Ocidente. Recentemente, tambĂ©m divulgamos os dados da IDC, que vĂȘ a Xiaomi como uma das cinco principais fabricantes de smartphones do mundo, com um crescimento explosivo de mais de 95%.

A situação da LG na China, no entanto, nĂŁo parecia particularmente prĂłspera, mesmo alĂ©m dos nĂșmeros. A empresa nĂŁo lança novos dispositivos nesse mercado hĂĄ algum tempo e, em 2017, nĂŁo introduziu novos modelos. O Ășltimo a ser oferecido ao mercado chinĂȘs foi o antigo LG G5 SE, oficializada em maio de 2016. A LG desaparece da China apenas no que diz respeito Ă  divisĂŁo de smartphones, mas continuarĂĄ a vender outros produtos eletrĂŽnicos de consumo.