JBL Free X: fones de ouvido esportivos sem fio verdadeiros

√Č definitivamente um objeto da moda, agora presente nas faixas de todas as marcas, sejam elas de origem hist√≥rica do mundo do √°udio ou daquelas que mais recentemente se estabeleceram no mundo da telefonia. Eu falo sobre fones de ouvidoTrue Wireless‚Äė, evolu√ß√£o dos fones de ouvido cl√°ssicos Bluetooth sem fio, mas, al√©m de terem eliminado o cabo que os conecta ao smartphone (ou tablet ou leitor PMP ou PC port√°til), eles tamb√©m se livraram da conex√£o entre os dois fones de ouvido. A conveni√™ncia de poder ouvir m√ļsica e acompanhar suas s√©ries favoritas em fones de ouvido sem o inc√īmodo de fios que, principalmente em mobilidade, t√™m o mau h√°bito de pendurar em bolsas, mochilas e assim por diante. Entre os produtos que analisamos recentemente, voc√™ encontrar√° o 1MoreStylish True Wireless e o Pamu Slide. Nos √ļltimos dias, a Sony lan√ßou a terceira gera√ß√£o de seu TWS com cancelamento de ru√≠do, posicionados em torno de 250. √Č uma categoria de produto que existe h√° algum tempo, mas que tem sido consagrada no mercado. p√ļblico em geral com o lan√ßamento do Apple AirPods. Na esteira da casa de Cupertino, todos os fabricantes de celulares se uniram √† sua pr√≥pria interpreta√ß√£o e a v√°rias marcas hist√≥ricas no mundo do √°udio.

Falando em marcas hist√≥ricas de √°udio e marcas que se tornaram famosas em todo o mundo gra√ßas aos telefones celulares, o produto de que estou falando hoje vem de uma situa√ß√£o h√≠brida. A marca que eles carregam impressa com a de JBL, uma empresa que tem suas ra√≠zes nos Estados Unidos do primeiro per√≠odo do p√≥s-guerra e que ainda carrega as iniciais do fundador James Bullough Lansing, mas que mais tarde se tornou Propriedade de Harman, que por sua vez hoje controlado pela gigante eletr√īnica Samsung. Hoje, a empresa coreana est√° pescando com as m√£os cheias da experi√™ncia da Harman Kardon / JBL por seus produtos de √°udio, mas continua dando vida √†s marcas. Dadas as premissas, espera-se muito de um produto como JBL Free X. Ent√£o, vamos ver como eles se comportam na pr√°tica

S√£o fones de ouvido projetados para usu√°rios ‚Äėativos‚Äô com Certifica√ß√£o IPX5 que garante o uso mesmo com intemp√©ries adversas e resist√™ncia ao suor. A este respeito, na embalagem, o usu√°rio encontra tr√™s tipos de azeitonas de silicone, mas tamb√©m duas capas do mesmo material para o corpo dos fones de ouvido: essas conchas permitem ajustar o tamanho da orelha e encontrar um ajuste que combine conforto e estabilidade. A solu√ß√£o interessante, mas outros projetos (como os das revis√Ķes mencionadas no in√≠cio) mostraram funcionar melhor dos dois pontos de vista. Os que tendem a perder os fones de ouvido optaram por uma solu√ß√£o que prefere a estabilidade usando a casca de silicone mais espessa. Os fones de ouvido mostraram estabilidade em torno da sufici√™ncia, denotando algum aborrecimento a longo prazo. A bateria embutida nos fones de ouvido de 85 mAh garante cerca de 4 horas de autonomia e o estojo com acoplamento magn√©tico oferece 1500 mAh adicionais para autonomia total de cerca de 24 horas. Isso √© certamente interessante, mas o corpo de prova registrou uma taxa de autodescarga realmente excessiva. Teoricamente, quando os fones de ouvido s√£o guardados, eles desligam e recarregam, mas deixando o estojo carregado ‚Äôem repouso‚Äô por algum tempo, aconteceu mais de uma vez para encontrar o sistema completamente descarregado. O carregamento ocorre atrav√©s do conector Micro-USB.

Os fones de ouvido t√™m um corpo muito simples, caracterizado por um √ļnico bot√£o f√≠sico de tamanho generoso, com LED de sinaliza√ß√£o conc√™ntrico. As teclas permitem o gerenciamento de faixas e chamadas de √°udio, mas n√£o o volume. Desilude (pelo menos no que me diz respeito) o fato de que chamadas s√£o feitas no modo Monou apenas no fone de ouvido direito. As defici√™ncias importantes incluem suporte para o codec AptX de baixa lat√™ncia, o que torna os fones de ouvido bons para m√ļsicas e v√≠deos, mas n√£o adequados para jogos.

Eles afetam positivamente desde o primeiro uso cena sonora, que n√£o parece ser o de fones de ouvido, al√©m disso, a conex√£o sem fio e a presen√ßa de graves. Os fones de ouvido reproduzem de forma convincente as frequ√™ncias mais baixas, com uma resposta muito encorpada e nunca distorcida, de acordo com o estilo dos produtos JBL. Com m√ļsicas n√£o muito complexas, o JBL Free oferece uma audi√ß√£o agrad√°vel o suficiente, mesmo que n√£o tenham um pequeno detalhe, mas, por outro lado, talvez n√£o seja o aspecto a ser procurado nos fones de ouvido sem fio. O comportamento em m√ļsicas mais complexas poderia ser melhor: quando o rock fica ruim e fica mais beirado do metal, os fones de ouvido perdem a clareza e, de fato, √†s vezes d√£o a impress√£o de emprestar seu lado √† distor√ß√£o.

Em resumo, eu esperava algo mais desses JBL Free X, mas √© necess√°rio considerar o pre√ßo. Eles t√™m uma lista de 129, o que seria excessivo, mas com as atuais propostas on-line com o pre√ßo de rua 69 em vez disso, eles podem se expressar no meio da infinidade de produtos chineses que inundam o com√©rcio eletr√īnico. O fato de poder us√°-los mesmo durante a atividade f√≠sica, com a possibilidade de adapt√°-los atrav√©s das conchas de silicone, pode ser uma caracter√≠stica importante para quem j√° √© cliente da JBL, mas procura um novo par de fones de ouvido para uso externo e para uso externo outros produtos talvez mais dedicados a ouvir bem.