iSIM, o cart√£o SIM integrado nos SoCs dos smartphones?

Um cart√£o SIM integrado diretamente aos processadores do smartphone. Chama-se iSIM e √© uma solu√ß√£o na qual a ARM, a famosa empresa inglesa por tr√°s do design dos n√ļcleos usados ‚Äč‚Äčnas CPUs de dispositivos m√≥veis, est√° trabalhando. Tudo gira em torno da necessidade premente dos fabricantes de economizar tanto espa√ßo quanto poss√≠vel.

Portanto, √© um complemento real que, de acordo com o que afirma a ARM, ocupar√° uma fra√ß√£o de mil√≠metro quadrado. Nesse sentido, pense em como o Nano SIM possui dimens√Ķes iguais a 12,3 x 8,8 mm, √†s quais adicionar todo o hardware necess√°rio para poder acomod√°-los nos dispositivos. Mas isso n√£o √© tudo.

iSIM ARM

A novidade do ARM permitirá, de fato, economias significativas para os fabricantes. De fato, passará das dezenas de centavos necessárias hoje para integrar a tecnologia atual aos poucos centavos necessários para o iSIM. Portanto, não apenas um tamanho pequeno, mas também um menor custo de implementação.

Leia também: eSIM no futuro dos smartphones italianos? Tabela técnica

O primeiro campo de aplicação deste iSIM serão os dispositivos IoT. De fato, nesse tipo de produto, a capacidade de recuperar o espaço representa um fator ainda mais importante que o setor de smartphones. No que diz respeito ao setor de telefonia, no entanto, muito dependerá da recepção que as operadoras de telefonia reservam para essa nova tecnologia.

esim

Nesse sentido, √© √ļtil lembrar o caso do eSIM, uma tecnologia certamente funcional, mas que, at√© o momento, ainda n√£o decolou, apesar de estar integrada a produtos como Google Pixel, Pixel 2 XL e alguns smartwatches, sem esquecer o Apple SIM incorporado em dispositivos como o iPad Pro 9.7, 10.5, 12.9.

Leia também: eSIM, uma revolução que corre o risco de permanecer incompleta

O ARM tem como objetivo romper as operadoras de telefonia por meio de dispositivos IoT. De fato, em rela√ß√£o a esses produtos, o iSIM poderia abrir novos segmentos de mercado para a empresa de telecomunica√ß√Ķes, ainda mais com a expans√£o da conectividade 5G, o que permitir√° que o fen√īmeno da Internet das Coisas exploda globalmente.

sim

Portanto, o caminho para a integra√ß√£o do iSIM em smartphones certamente n√£o √© curto. A sensa√ß√£o, no entanto, √© que os cart√Ķes SIM, como os conhecemos hoje, est√£o destinados a desaparecer nos pr√≥ximos anos. Resta ver qual ser√° o padr√£o que a enviar√° para a aposentadoria.


Tom’s Recommend

Você está procurando um smartphone que garanta bom desempenho a um preço baixo? O Huawei P8 Lite 2017 pode ser a escolha certa.