iPhones com SoCs Samsung que consomem muito, a resposta da Apple fecha a pergunta

A Apple respondeu à questão das diferenças de consumo entre os SoCs Apple A9 produzidos pela TSMC e os fabricados pela Samsung, dizendo que no uso real, a variação é de no máximo 3% entre um telefone e outro, de fato imperceptível. A empresa tenta, assim, fechar o que alguns já definem pela raiz batterygate mas isso, mais uma vez, parece ser um problema falso.

iphone 6s 04

Ontem, dissemos a voc√™ como alguns usu√°rios em todo o mundo descobriram, por meio de benchmarks, que o iPhone 6S com chips produzidos pela Samsung consome mais energia, at√© cerca de 33%, em compara√ß√£o com aqueles com SoC fabricados pela TSMC. A Apple n√£o nega esse fato, mas ressalta que esses testes sujeitam o processador a uma carga que nunca ocorre em situa√ß√Ķes reais – praticamente o chip est√° em atividade m√°xima o tempo todo.

Os testes em outras palavras n√£o s√£o representativos e n√£o deve ser tomado como uma indica√ß√£o do desempenho real do smartphone. √Č algo que j√° declaramos v√°rias vezes nessas p√°ginas e, na verdade, sempre que poss√≠vel, tentamos combinar testes reais com os benchmarks – geralmente chamados de testes sint√©ticos.

Os benchmarks, de fato, eles n√£o foram feitos para mostrar desempenho real. Seu objetivo √© tornar poss√≠vel a compara√ß√£o entre v√°rios dispositivos: como um teste de uso real (por exemplo, usando um smartphone por uma semana) √©, por defini√ß√£o, sempre diferente, os resultados do benchmark s√£o usados ‚Äč‚Äčpara destacar as diferen√ßas entre um produto e o produto. ‘de outros. Isso √© poss√≠vel precisamente porque o teste √© sempre o mesmo, repet√≠vel e sem varia√ß√Ķes.

As informa√ß√Ķes fornecidas pela Apple, no entanto, prov√™m dos dados de diagn√≥stico enviados pelo iPhone para a pr√≥pria empresa – se o propriet√°rio tiver autorizado. Que entre todos os iPhone 6S j√° em circula√ß√£o h√° um 3% de variabilidade √© completamente normal, e isso pode acabar com a hist√≥ria de uma vez por todas.

No entanto, a situa√ß√£o √© semelhante pelo menos em parte para Bendgate do ano passado. Algu√©m afirmou que o iPhone 6 Plus se dobrou com muita facilidade, mas outros rumores logo vieram para refutar essas hip√≥teses. A Apple alegou ter recebido muito poucas reclama√ß√Ķes sobre o assunto, e houve associa√ß√Ķes de consumidores que fizeram testes independentes, chegando √† conclus√£o de que era basicamente uma inven√ß√£o da m√≠dia – falamos sobre isso como a chama da fuffa que voc√™ gosta.

Ainda hoje, existem pessoas que acreditam que o iPhone 6S Plus dobrado era um defeito de fabricação real e, como evidência esmagadora, citam o fato de a Apple ter escolhido um alumínio mais resistente para os novos modelos. Uma hipótese instável, que quase tem gosto de conspiração, e sabe-se como certas coisas se espalham facilmente, mesmo quando são fáceis de refutar. Aqui está o batterygate pareceria (condicional obrigatório por enquanto) morto pela raiz, mas, dado o que aconteceu no passado, talvez possamos ouvir sobre isso por um tempo.