iPhone X, redução de preço? Enquanto isso, a Apple domina no Natal

Um corte de preço para o iPhone X já no primeiro trimestre de 2018. É isso que emerge de alguns rumores que circulam na rede nessas horas. A Apple estaria pensando nessa solução para compensar a queda hipotética nas vendas do iPhone de 10 anos para o próximo ano, em comparação com o inicialmente esperado. Entretanto, entretanto, a empresa Cupertino parece ter experimentado as férias de Natal como protagonista.

Ainda ontem, em um de nossos artigos, nos perguntamos sobre a tendência no mercado do iPhone X. Por enquanto, a Apple não divulgou dados oficiais sobre o assunto, portanto, é impossível ter certeza de um modo ou de outro, tendo que confiar nos relatórios e previsões das várias empresas especializadas.

tela do iPhone X

No entanto, existem alguns dados objetivamente verificáveis. Primeiro de tudo, o iPhone X aumentou o preço médio dos iPhones, atualmente estimado em 740 dólares (anteriormente era 695 dólares). Um aumento que parece estar na base da queda nas previsões de vendas, tanto que a Apple é forçada a tomar medidas, de alguma forma não publicadas, das partes de Cupertino.

Leia também: iPhone X, desempenho positivo ou negativo no mercado?

Por um lado, a empresa liderada por Tim Cook reduziria os pedidos de dispositivos de 50 a 30 milhões de unidades no primeiro trimestre de 2018. Por outro lado, ele ponderaria uma queda nos preços de tabela do iPhone X, para poder aumentar definitivamente a previsão de vendas, especialmente nos Estados Unidos.

913201720152AM 635 iphone x

Agora, como já especificado, essas hipóteses não estão absolutamente confirmadas oficialmente. Por outro lado, reduzir os preços de tabela do iPhone X parece ser uma solução decididamente difícil, tanto pelo que sempre foi a política da Apple nesta área, quanto em relação aos usuários que já compraram o dispositivo.

Sem esquecer como existem relatos que falam de um iPhone X caracterizado por um excelente desempenho no mercado. Um deles é o criado por analistas da Rosenblatt Securities, segundo a qual não há evidências tangíveis sobre um possível corte de preços, assim como parece não haver desaceleração nas vendas nos Estados Unidos (e nem mesmo em Taiwan e Sinpagore, países mencionados na indiscrição anterior). Mas isso não é tudo.

iphone x vs iphone 8 tamanhos

Os analistas da Rosenblatt Securities acreditam de fato que a queda na produção pode se referir ao iPhone 8 e 8 Plus, modelos que seriam ofuscados pelo iPhone X. Uma sensação claramente percebida na fase de pré-compra, mas na qual o benefício da dúvida ainda permanece, dada a ausência de dados oficiais.

Leia também: iPhone X, o pior inimigo do iPhone 8?

Tudo isso também inclui o relatório produzido pela empresa de pesquisa Flurry Analytics. A investigação em questão analisou as ativações de smartphones e tablets durante a semana que antecedeu o Natal e o fim do Chanucá (feriado judaico comemorando a consagração de um novo altar no templo de Jerusalém após a liberdade conquistada pelos helenos).

vendas do iPhone X

O relatório mostrou que o iPhone e o iPad representaram 44% das ativações no período considerado. Na participação da Apple, o iPhone 7 e o iPhone 6 ocupariam o primeiro e o segundo lugares, respectivamente com 15,1% e 14,9%, seguido de perto pelo iPhone X com 14,7%.

vendas do iPhone X

Em suma, lembrando que, mesmo neste caso, não são dados oficiais, o relatório em questão representa mais uma investigação em apoio à tese do excelente desempenho no mercado do iPhone X. Considerando como o marketing ganhará vida logo no início. meses de 2018, veremos se será outra aposta ganha pela Apple em termos de vendas.


Tom’s Recommend

O iPhone 8, na variante de 64 GB, está atualmente disponível em Amazonas com um desconto de mais de 100 euros que o preço de tabela.

Artigos Relacionados

Back to top button