iPhone: 800 pessoas trabalhando para melhorar a cĂąmera

QuĂŁo complexo vocĂȘ acha que cada componente de um smartphone Ă©, a cĂąmera por exemplo? E que esforço industrial e de design Ă© necessĂĄrio para melhorar cada um desses componentes? A respeito de maçã ele explicou Graham Townsend, engenheiro-chefe da equipe de desenvolvimento dedicada Ă  cĂąmera, durante um episĂłdio aprofundado na Apple do conhecido canal de televisĂŁo americano CBS.

herĂłi da cĂąmera do iphone 5 apple

Bem, talvez vocĂȘ nĂŁo acredite, mas de acordo com Townsend, para melhorar a cĂąmera do iPhone sozinha, uma equipe de 800 pessoas estaria trabalhando. Machismo tecnolĂłgico ou verdade? NĂŁo sabemos, Ă© claro, o nĂșmero parece assustador para um Ășnico componente para mais desse tipo (quantas pessoas serĂŁo necessĂĄrias neste momento para desenvolver o prĂłximo SoC da sĂ©rie A?), Mas dado o contexto pĂșblico em que as informaçÔes foram fornecidas e o personagem que disse que sĂł pode ser assim, mesmo que pareça incrĂ­vel.

Afinal, Townsend tambĂ©m nos explica, em certo sentido, a razĂŁo dessa necessidade: aparentemente, de fato, o componente Ă© particularmente complexo, sendo composto por 200 partes independentes, enquanto sĂŁo necessĂĄrias 24 bilhĂ”es de operaçÔes para capturar uma Ășnica foto.

Townsend também mostrou um sistema de microssuspensão que serve para estabilizar a cùmera, composta por quatro fios muito finos, cabos de 40 mícrons de espessura, menos da metade de um cabelo humano.

O estudo de desenvolvimento da cùmera também é tão complexo que permite simular diferentes situaçÔes para testar a cùmera antes da produção. Em suma, parece que por trås de um sensor fotogråfico moderno de um smartphone de gama alta hå um trabalho enorme, o de 800 pessoas.