iPhone 5G: talvez nem mesmo em 2020, a Apple trabalhando em estradas alternativas

De acordo com os Ășltimos rumores coletados, A Apple provavelmente terĂĄ que esperar alĂ©m de 2020 para lançar o primeiro iPhone com tecnologia 5G. A espera pelo colosso de Cupertino se deve Ă  dificuldade encontrada no desenvolvimento e na localização de componentes que permitem que a nova tecnologia de rede seja explorada ao mĂĄximo.

Segundo Matthew Ramsay Cowen, Intel, principal parceiro da Apple, ainda não estå pronto para oferecer soluçÔes vålidas, mas acima de tudo em pé de igualdade com a Qualcomm e outros concorrentes importantes. A busca por um modem capaz de suportar a nova rede pode não terminar até 2020, com quatro cenårios prontos para surgir.

O primeiro cenĂĄrio a ser delineado prevĂȘ o advento do mercado, com um atraso mĂ­nimo de 18 meses, de um novo iPhone com modem 5G desenvolvido pela Intel e sem um mĂłdulo para leitura de ondas milimĂ©tricas. A segunda opção vĂȘ a Apple se voltar para a concorrĂȘncia (Samsung) para o desenvolvimento de modems, uma hipĂłtese que poderia levar Ă  empresa de Cupertino a condiçÔes econĂŽmicas desfavorĂĄveis.

O terceiro cenĂĄrio proposto pela Bloomberg, vĂȘ uma nova harmonia entre a Apple e a Qualcomm, com um modem certamente de alta confiabilidade pronto para a nova linha de dispositivos da gigante americana. No momento, no entanto, esse Ă© o cenĂĄrio mais improvĂĄvel, dada a desagradĂĄvel controvĂ©rsia legal que vĂȘ as duas marcas como protagonistas. A quarta opção vĂȘ a Apple pronta para desenvolver novos modems internamente, talvez comprando a seção Intel dedicada.

Depois de esboçar quais poderiam ser os caminhos futuros da Apple nessa årea em particular, basta aguardar desenvolvimentos concretos.