iPad: Apple deve estabelecer um recorde de baixa no primeiro trimestre

A concorrência no setor de tecnologia é constante e até grandes players no campo estão passando por maus momentos no que diz respeito às vendas. Um novo relatório da Digitimes Research sugere que os iPads da Apple devem vender bem no primeiro trimestre de 2016.

As tendências do mercado mostram que as remessas trimestrais serão de cerca de 9,8 milhões de iPads, o que significa que será o número mais baixo desde o 2º trimestre de 2011. Isso significa que haverá uma redução drástica de 39,1% em relação ao último trimestre. 2015 e redução de 20% de ano para ano.

Essa queda nas vendas de tablets não é apenas para a Apple. No que diz respeito ao mercado global de tablets, no primeiro trimestre de 2016, foram enviados 46,65 milhões de tablets, uma redução de 28,6% em relação ao último trimestre e uma redução de 8,6 em relação ao ano anterior.

No entanto, a Apple ainda deve ser a líder em vendas com 21% de participação de mercado, com a Samsung em segundo lugar com 14% e a Lenovo em terceiro com 7,2%. É seguido pela Amazon com 5,8%, Huawei com 4%, Asustek Computer 2,7%, Microsoft e TCL com 2,6%, LG com 1,8% e Acer com 1,2%.

Outra estatística interessante diz respeito ao tamanho da tela, com 7 polegadas sendo ainda mais popular e respondendo por 35,4% das remessas de tablets em todo o mundo. A lista continua com 7,9 polegadas e 13,8%, 8x polegadas e 6,1%, 9x polegadas e 23,8%, 10x polegadas e 10,1% e 11 polegadas e acima com 10,8%.

O tempo dirá o que o futuro reserva para tablets.

iPad-mini-3-revelou-oficial-2

Fonte