iPad 2019: tela Retina de 10,2 polegadas, sistema operacional iPad e A10 Fusion

maçã acaba de apresentar o iPad da sétima geração que se destaca por um no Steve Jobs Theatre em Cupertino Tela Retina de 10,2 polegadas, a Chip A10 Fusion que promete dobrar o desempenho em comparação com a versão anterior e iPad OS. Suporte para o Teclado Inteligente (estendido) e Apple Pencil de primeira geração. o Touch ID depois permite o desbloqueio sem inserir o código.

“O novo iPad agrega ainda mais valor ao modelo de iPad mais popular e acess√≠vel, com uma tela maior de 10,2”, compatibilidade com o Apple Pencil e, pela primeira vez, com o teclado inteligente de tamanho padr√£o “, disse ele. disse Greg Joswiak, vice-presidente de marketing de produtos da Apple. ‚ÄúO novo iPad foi criado para o iPadOS, que apresenta novas e poderosas maneiras de realizar multitarefas, gerenciar e anotar documentos, usar o Apple Pencil e visualizar mais informa√ß√Ķes rapidamente na tela inicial redesenhada. Este novo iPad com iPadOS tem tudo o que os clientes adoram no nosso iPad mais popular e torna as fun√ß√Ķes para criar, aprender, trabalhar e jogar ainda melhor. “

A nova tela Retina de 10,2 polegadas (2160 √ó 1620 pixels a 264 PPI) possui quase 3,5 milh√Ķes de pixels e um amplo √Ęngulo de vis√£o, o que a torna ideal tamb√©m para realidade aumentada (AR). “Projetado para ser ultra-port√°til e dur√°vel, o iPad pesa cerca de 483 gramas e pela primeira vez apresenta um inv√≥lucro feito de Alum√≠nio 100% reciclado com a mesma for√ßa, durabilidade e acabamento bonito que o alum√≠nio em todos os produtos da Apple “, explica a empresa. Quanto √† conectividade, a vers√£o m√≥vel suporta LTE da classe Gigabit. A autonomia declarada √© de 10 horas. A c√Ęmera principal √© de 8 megapixels, enquanto a secund√°ria √© de 1,2 megapixels. A porta principal de conex√£o do Lightning permanece inalterada.

O iPadOS oferece novos e poderosos recursos projetados para uma tela maior que um smartphone. A tela inicial redesenhada mostra v√°rios aplicativos em cada p√°gina e agora voc√™ pode adicionar a exibi√ß√£o “Hoje”, permitindo acesso r√°pido aos widgets para obter informa√ß√Ķes r√°pidas, incluindo manchetes de not√≠cias, eventos clim√°ticos e de calend√°rio. “Trabalhar com v√°rios arquivos e documentos do mesmo aplicativo agora √© mais f√°cil no iPad com atualiza√ß√Ķes do Split View, bem como alternar entre aplicativos via Slide Over”, ressalta a Apple.

‚ÄúO gerenciamento de documentos no aplicativo Arquivos com o iPadOS se torna ainda mais poderoso com o suporte para unidades USB externas e servidores de arquivos. O Safari leva a navega√ß√£o de classe desktop para o iPad, para que os usu√°rios sempre obtenham o site otimizado para iPad, bem como suporte para aplicativos populares da Web, como Squarespace e Google Docs “.

O novo iPad de sétima geração está disponível no prata, cinza espacial e acabamentos dourados. A versão Wi-Fi de 32 GB custa 389 euros, enquanto a versão de 128 GB custa 489 euros. A versão Wi-Fi + Celular de 32 GB custa 529 euros, enquanto a versão de 128 GB custa 629 euros. O teclado inteligente custa 179 euros, enquanto o Smart Cover custa 55 euros.

O novo tablet da Apple já pode ser reservado e estará disponível nas lojas a partir de 30 de setembro. Quem comprar um novo iPad terá direito a uma assinatura de um ano do Apple TV +.