Iliad e SimBoxes não respeitam a segurança do usuário. TIM pede intervenção do governo

Iliad chegou ao mercado italiano de operadoras de telefonia dispositivos m√≥veis como um raio conquistando muitos usu√°rios gra√ßas √† sua oferta altamente vantajosa em compara√ß√£o com o que outros haviam feito at√© o momento no mercado. Mas n√£o apenas porque a operadora possibilitou a introdu√ß√£o de um novo m√©todo para a compra de seus cart√Ķes SIM, al√©m do online, atrav√©s do portal. N√≥s falamos claramente agora SimBoxes famosos o que mais s√£o apenas caixas autom√°ticas que permitem que os usu√°rios comprem rapidamente SIMs da Iliad sem ter que fazer fila nas lojas. Apenas os Simboxes, no entanto, agora est√£o sob observa√ß√£o porque apresentaria alguns problemas de seguran√ßa.

Para contestar o funcionamento normal dos Simboxes da Iliad, a TIM teria declarado publicamente como qualquer pessoa, mesmo com identidade falsa, poderia aparecer nos Simboxes e comprar um SIM sem ter nenhum problema. Nesse caso, a TIM contesta o fato de que os Simboxes não teriam verificação imediata de dados por quem solicitou o novo SIM e isso também leva a ser capaz de enganar facilmente a caixa, conseguindo comprar um SIM com as credenciais de uma determinada pessoa, mas com cartão de crédito em nome de outra pessoa.

Por esse motivo, a TIM dirigiu-se diretamente ao governo e, especificamente, ao ministro do Interior, Salvini, pedindo esclarecimentos sobre esta situa√ß√£o para entender se a Il√≠ada est√° realmente agindo corretamente ou se est√° indo contra o que o Lei de Pisanu. De acordo com a lei, de fato, os procedimentos para a atribui√ß√£o de SIMs pelos operadores, precisamente para nos proteger do terrorismo internacional, devem ter a obriga√ß√£o de uma identifica√ß√£o f√≠sica do titular do SIM atrav√©s do documento de identidade. Nesse caso o reconhecimento pelos Simboxes n√£o pareceria t√£o imediato e, portanto, isso pode levar a atrasos no relato de falsifica√ß√Ķes e, portanto, a problemas subseq√ľentes.

Iliad, no entanto, tornou conhecido como as máquinas de venda automática cobrem os processos de verificação necessários. Em particular:

“As Iliad Simboxes incluem um processo de verificação que garante o controle efetivo e completo da identidade de cada comprador para quem um SIM é emitido.

A fase de assinatura da oferta e solicita√ß√£o do iliad SIM prev√™ a coleta de dados pessoais, documentos v√°lidos e a grava√ß√£o de um v√≠deo din√Ęmico para cada usu√°rio individual, que √© verificado manualmente pelos operadores do servi√ßo de usu√°rio da iliad por meio de um aplicativo interno. Nos casos em que os dados s√£o incorretos, parciais ou inv√°lidos, nos casos em que o documento de identidade n√£o √© v√°lido, est√° danificado ou com validade duvidosa, quando, al√©m disso, o v√≠deo gravado levanta d√ļvidas sobre o reconhecimento de uma pessoa, a rejei√ß√£o √© realizada do pedido.

A ativa√ß√£o do SIM √© realizada pela iliad apenas em caso de confirma√ß√£o pelo operador do Servi√ßo do Usu√°rio e ap√≥s essa confirma√ß√£o. Esse processo foi projetado e implementado para garantir a conformidade com a legisla√ß√£o aplic√°vel e a prote√ß√£o da seguran√ßa das comunica√ß√Ķes eletr√īnicas, al√©m de garantir um n√≠vel de controle particularmente alto sobre a identidade dos usu√°rios, tamb√©m considerando a digitaliza√ß√£o do procedimento.

Entrar no mercado da ilíada despertou muito interesse. A inovação dos processos propostos, em vez de suscitar disputas contínuas, deve ser bem-vinda à iniciativa inovadora da qual todo o país e os usuários podem se beneficiar “.