Huawei P30 Pro desmontado do iFixit: 4 em 10 reparabilidade

O P30 Pro é o novo smartphone topo de gama da Huawei e não escapou aos testes do iFixit, o portal que trata da análise da capacidade de reparo de dispositivos tecnológicos. O novo terminal da casa chinesa tem uma pontuação de 4 em 10, um resultado mais alto que o Samsung Galaxy S10 Plus (3), mas menor comparado à suficiência alcançada pelo iPhone XS e Xs Max.

Vamos analisar imediatamente os aspectos negativos. Abrir o P30 Pro não é absolutamente simples devido ao espaço muito estreito que separa o corpo do vidro traseiro. Uma escolha produtiva, estética e prática, pois serve para garantir a proteção IP68 contra água e poeira. Para afetar a dificuldade de abertura, existe a cola.

Crédito: iFixit

Os mesmos problemas surgem com a tela OLED de 6,4 polegadas agravada pela curvatura do painel que poderia quebrar facilmente se removida. Depois de acessar o smartphone, a situação se torna mais pacífica. A maioria dos componentes é modular, o que facilita qualquer desmontagem e substituição.

N√£o h√° problema para a tecnologia de exibi√ß√£o ac√ļstica que substitui a c√°psula do ouvido cl√°ssica e recria o som vibrando a tela. Este m√≥dulo est√° anexado √† parte traseira da tela. Nesse momento, pergunta-se – como os t√©cnicos do portal – se haver√° uma distor√ß√£o do som no caso de a tela quebrar ou quebrar. Muito f√°cil √© a remo√ß√£o da bateria gra√ßas √†s guias pr√°ticas de extra√ß√£o, j√° vistas a bordo do Mate 20 Pro. Em resumo, os smartphones incluem mais e mais tecnologia, mas tornam-se cada vez menos repar√°veis.