Huawei Mate X: “TĂ­nhamos um protĂłtipo como o Galaxy Fold, mas o rejeitamos”

Huawei e Samsung sĂŁo os dois gigantes que apresentaram oficialmente seu smartphone dobrĂĄvel: Mate X e Samsung Fold. As soluçÔes escolhidas para recriar o novo fator de forma sĂŁo diferentes e, atualmente, Ă© difĂ­cil dizer qual Ă© o melhor. O CEO da Huawei – Richard Yu – disse que Business Insider aquele a empresa chinesa tinha um protĂłtipo com um design semelhante ao da CorĂ©ia do Sul, mas que foi descartado porque nĂŁo estava indo bem.

A diferença entre os dois reside essencialmente em como as telas se dobram. Quando estĂĄ aberto, Mate X tem uma tela de 8 polegadas que pode ser fechada dobrando-a para fora e indo – de fato – separar as duas telas: a de 6,6 polegadas (usada como smartphone) e a externa de 6,38 polegadas. Enquanto, o Galaxy Fold tem uma configuração diferente.

O dispositivo flexĂ­vel da Samsung possui uma pequena tela dedicado ao modo smartphone do lado de fora e um segundo painel maior para usĂĄ-lo como tablet. O fechamento, neste caso, ocorre fechando para dentro. EntĂŁo, somos confrontados com dois monitores.

E é precisamente esse aspecto que é criticado por Richard Yu, que acredita que ter duas telas torna o smartphone muito pesado. As diferenças entre os dois smartphones inovadores provocaram uma série de debates sobre qual é o melhor. Alguns veem o mais delicado Mate X devido à abertura externa que expÔe continuamente a tela a arranhÔes e solavancos. Outros, no entanto, acreditam que Galaxy Fold não fecha o suficiente e isso pode permitir que poeira e objetos entrem em contato com a tela.

Em suma, Ă© realmente muito difĂ­cil tomar uma posição pelo menos atĂ© que possamos tentar os dois. AtĂ© o momento, a solução da Huawei parece ser a mais bem-sucedida com a interface grĂĄfica que se adapta rapidamente ao alternar do tablet para o smartphone e vice-versa. Afinal, esses sĂŁo os primeiros modelos e, se o futuro do mercado de smartphones for nessa nova direção, certamente haverĂĄ uma maneira de fazĂȘ-lo. melhore todos os aspectos crĂ­ticos que uma tela flexĂ­vel acarreta.