HTC: vende fábrica em Xangai para fabricante chinês

Sabe-se que a HTC tem problemas com suas finanças e está fazendo vários movimentos para sair da posição difícil em que caiu. Uma delas parece ser a venda da fábrica em Xangai, para lidar com algumas das perdas.

Dizem que as negociações já começaram, mas tudo o que sabemos é que elas estão conversando com um fabricante chinês, cujo nome permanece desconhecido.

Este movimento faz parte da nova estratégia da HTC para reduzir custos, a fim de continuar forte no mercado de smartphones. Movimentos semelhantes são feitos de tempos em tempos por outros fabricantes que estão sob pressão dos resultados financeiros, enquanto a HTC está processando a demissão de cerca de 15% de seus funcionários.

O complexo de 147 metros quadrados é um dos muitos que a empresa possui na China e em Taiwan; portanto, como o HTC One M9 não conseguiu vender bem, a produção deverá diminuir.

A HTC pode estar com dificuldades no momento, mas essas medidas visam retornar à lucratividade, o que espera ser feito com o carro-chefe redesenhado que vazou hoje como o HTC O2 com Snapdragon 820, tela QHD de 6 polegadas e 4 GB de RAM.

logotipo htc

Fonte