Honor View 20 review: um top com super autonomia, vergonha pelo preço

O Honor View 20 é, atualmente, o smartphone topo de gama com a melhor autonomia do mercado. Em algumas áreas, não é possível alcançar os monstros sagrados do setor (veja o setor fotográfico comparado ao Mate 20 Pro e Pixel 3 XL), mas certamente é o melhor dispositivo já feito pela empresa chinesa nesse segmento.

Os 699 ‚ā¨ solicitados na lista de pre√ßos est√£o alinhados com o que √© oferecido pelo smartphone. Por outro lado, no entanto, √© o pre√ßo mais alto pelo qual o Honor j√° posicionou seu pr√≥prio topo de gama. O alvo da empresa sempre foi o p√ļblico mais jovem, quem “digere” esses n√ļmeros com maior dificuldade.

Tamb√©m porque hoje √© poss√≠vel comprar produtos a pre√ßos mais baixos, como Galaxy S9, OnePlus 6T, Huawei Mate 20. Marcas que t√™m um objetivo diferente do Honor, com potenciais compradores decididamente mais acostumados a determinados n√ļmeros. Tudo isso, no entanto, n√£o arranha a excelente experi√™ncia do usu√°rio garantida pelo View 20.

Design e exibição, dois lados da mesma moeda

O que intrigou imediatamente o View 20 √© a presen√ßa de um buraco na parte superior esquerda da tela, na qual a c√Ęmera frontal est√° incorporada. √Č a solu√ß√£o com a qual a empresa chinesa optou por se aposentar, e o √ļltimo tamb√©m √© usado em muitos smartphones da mesma honra.

Sem usar palavras contundentes, Eu pessoalmente preferi essa solu√ß√£o ao entalhe. √Č decididamente mais discreto, consegue ser integrado de forma mais eficaz ao design e, acima de tudo, √© muito menos percept√≠vel ao reproduzir conte√ļdo multim√≠dia. No entanto, estamos em um n√≠vel subjetivo.

De um ponto de vista requintadamente construtivo, h√° pouco a dizer sobre o Honor View 20. A concha √© feita de vidro e metal, a tampa traseira possui uma textura “V” espec√≠fica, retornando efeitos diferentes, dependendo de como √© afetado pela luz. A cor mostrada nas imagens √© a chamada Phantom Blue, que realmente tem um impacto ao vivo, mas o smartphone tamb√©m est√° dispon√≠vel na variante de cor vermelha.

Tem dimens√Ķes importantes, tamb√©m viu a tela de 6,4 polegadas, mas apesar de tudo, est√° bem em suas m√£os, sem ser particularmente escorregadio. Mas tome cuidado para coloc√°-lo em um avi√£o: mesmo uma inclina√ß√£o impercept√≠vel √© suficiente para faz√™-lo “se mover” e talvez cair, dado o vidro usado para a contracapa.

A sensa√ß√£o t√°til √© geralmente de alto padr√£o, e provavelmente a √ļnica falha construtiva real √© a aus√™ncia de certificados de impermeabiliza√ß√£o, um recurso agora presente em quase todos os smartphones de √ļltima gera√ß√£o. A sali√™ncia da c√Ęmera traseira dupla n√£o cria problemas, os bot√Ķes f√≠sicos podem ser alcan√ßados perfeitamente com os dedos, bem como o sensor biom√©trico na parte traseira, sempre r√°pido e preciso no desbloqueio.

Boas not√≠cias tamb√©m a partir da tela. √Č um painel LCD IPS com uma resolu√ß√£o de 1.080 x 2.310 pixels. N√£o estamos no n√≠vel das telas AMOLED de alguns concorrentes, mas a experi√™ncia oferecida ainda √© de alto n√≠vel: voc√™ pode v√™-lo bem ao ar livre, a reprodu√ß√£o de cores √© convincente e os contrastes.

O vidro frontal √© um pouco refletivo demais, e isso causa alguns problemas menores nos √Ęngulos de vis√£o. Por outro lado, por√©m o tratamento oleof√≥bico √© quase perfeito, para que voc√™ n√£o seja obrigado a limpar a tela das impress√Ķes digitais, como acontece em outros smartphones.

Como j√° mencionado, o buraco n√£o cria dist√ļrbios espec√≠ficos. Ele est√° posicionado na altura da barra de notifica√ß√£o para que, se desejado, tamb√©m possa ser oculto via software. A sensa√ß√£o √© de que √© um detalhe est√©tico destinado a se espalhar como fogo em 2019. Em resumo, voc√™ se acostumar√° a isso, como aconteceu com o entalhe.

Melhor desempenho e autonomia

A plataforma de hardware √© a mesma vis√£o no Mate 20 Pro. O mecanismo √© de fato o Kirin 980, juntamente com 6 Gigabytes de RAM e 128 Gigabytes de mem√≥ria interna (sem possibilidade de expans√£o). Pouco a dizer, portanto: o dispositivo √© fluido e responsivo em qualquer condi√ß√£o, mesmo durante as sess√Ķes de jogo.

√Č importante destacar um aspecto, por pouco que seja divulgado pela pr√≥pria empresa chinesa. A porta USB-C para carregamento √© do tipo 3.1, portanto suporta sa√≠da de v√≠deo. N√£o apenas isso, mas o Honor View 20 integra o mesmo modo de desktop visto na linha Mate 20, sobre as quais falamos extensivamente em um artigo dedicado.

Toda essa otimiza√ß√£o inevitavelmente tamb√©m reflete na autonomia. Nesta √°rea, o Honor View 20 me surpreendeu literalmente: com meu uso (misturado entre LTE e Wi-Fi, 2 contas de correio push, centenas de notifica√ß√Ķes de redes sociais e aplicativos de mensagens instant√Ęneas, mais de 2 horas de chamadas telef√īnicas), consegui cobrir quase dois dias da tomada – 1 dia e 19 horas – em compara√ß√£o com quase 8 horas de acesso √† tela. Em suma, resultados verdadeiramente excelentes.

Mérito da bateria de 4.000 mAhque, entre outras coisas, pode ser recarregada rapidamente com o padrão Super Charge (carregador especial incluído no pacote). A Honor fez um trabalho literalmente excepcional em termos de otimização de energia. O processo de produção de 7 nm do Kirin 980 certamente desempenha um papel importante nesse sentido, até o Mate 20 e o Mate 20 Pro gozam de excelente autonomia, mas, desse ponto de vista, o View 20 tem uma vantagem.

Setor de software e fotografia

A View 20 √© baseada no Android 9 Pie, personalizado com a interface Magic UI 2.0. Apesar da denomina√ß√£o diferente, muito poucas mudan√ßas em rela√ß√£o √† EMUI da Huawei. Portanto, n√£o faltam todas as possibilidades de personaliza√ß√£o que conhecemos amplamente, com temas, gestos e a√ß√Ķes r√°pidas. √Č um software que, graficamente, precisaria de um salto definitivo na qualidade, embora tenha claramente melhorado nos √ļltimos anos.

No entanto, tudo parece fluido e o modo de desktop (que nos smartphones da Huawei √© chamado de Easy Projection) √© um verdadeiro deleite. Ele permite que voc√™ conecte o View 20 a um monitor externo que tenha acesso a um ambiente de √°rea de trabalho baseado no Android. Isso garante uma produtividade dif√≠cil de encontrar em outros smartphones, o que pode ser realmente √ļtil em muitas situa√ß√Ķes.

Discurso diferente para o setor fotogr√°fico. Na parte traseira, o sensor principal de 48 megapixels f / 1.8 √© acoplado a um segundo sensor TOF para focagem 3D (usado essencialmente para desfocar). As fotografias s√£o de bom padr√£o; em condi√ß√Ķes de pouca luz, √© poss√≠vel tirar proveito de um modo noturno semelhante ao visto na Huawei, que retorna efeitos de grande impacto sem garantir a mesma qualidade. A interven√ß√£o dos algoritmos de intelig√™ncia artificial se faz sentir e as imagens geralmente aparecem com cores muito saturadas, ideais para compartilhar nas redes sociais.

Excelentes v√≠deos, que podem ser gravados resolu√ß√£o de at√© 4K a 30 qps, completo com estabiliza√ß√£o. Boas not√≠cias tamb√©m da c√Ęmera frontal de 25 megapixels, que tira boas selfies e possui toda uma s√©rie de recursos de software, como o modo retrato. Por outro lado, no entanto, considerando tamb√©m a resolu√ß√£o e a lente f / 2.0, ela sofre um pouco demais √† noite.

Conclus√Ķes: quem deve compr√°-lo?

O Honor View 20 √© o smartphone ideal para quem procura um topo de gama, mas ao mesmo tempo precisa de um dispositivo com excelente autonomia. Os ‚ā¨ 699 da lista exigem, neste momento, um investimento importante, mesmo que seja um valor destinado a cair rapidamente, especialmente online. Obviamente, nessa faixa de pre√ßo, os concorrentes s√£o extremamente dif√≠ceis e a escolha √© ampla, como dissemos no in√≠cio.

De qualquer forma, n√£o h√° problemas macrosc√≥picos cr√≠ticos a serem relatados e o View 20 certifica o claro passo adiante dado pela Honor no topo da faixa, com uma melhoria acentuada em rela√ß√£o √† Vista 10. E depois h√° o orif√≠cio na tela que, independentemente do gosto pessoal, faz dele um smartphone que, de qualquer forma, √© √ļnico (ainda que por pouco tempo).