Google pousa em Siri e Spotlight, Apple cumprimenta Bing

Apple sem muita fanfarra abandonou o Bing em favor do Google. Desde ontem Siri e destaque (a função de pesquisa no Mac e iOS) confia no mecanismo da casa de Mountain View para verificar a rede e essa transição ocorreu independentemente das atualizaçÔes recentes de software.

A novidade jĂĄ havia sido introduzida no navegador Safari, mas durante anos o Microsoft Bing continuou se mantendo em outras frentes. Por outro lado, deve-se lembrar que enquanto no navegador sempre foi possĂ­vel alterar o mecanismo de pesquisa integrado (por padrĂŁo), no Siri e no Spotlight isso nĂŁo Ă© possĂ­vel. Obviamente, com o Siri, sempre serĂĄ possĂ­vel solicitar especificamente o Bing com comandos de voz.

Google
Uma pesquisa Siri no iPad

A empresa justificou-se enfatizando seu compromisso constante com a melhorar a experiĂȘncia do usuĂĄrio, deixando de fora os potenciais 3 bilhĂ”es em receita trazida como dote pelo Google – de acordo com as estimativas de Bernstein. O Ășnico consolo para a Microsoft Ă© que o pesquisa de imagem ainda serĂĄ confiada ao Bing.

Os usuĂĄrios de Mac e iOS provavelmente apreciarĂŁo, pois o Google Ă© considerado um mecanismo de pesquisa de melhor qualidade e nĂŁo apenas nos Estados Unidos continua a manter uma participação de mercado “substancial”.

O StatCounter estima que o Google detém aproximadamente 86% do mercado global de computadores, em comparação com 5% para o Bing. Se considerarmos os Estados Unidos, as porcentagens mudam respectivamente para 76% e 12%. Na Europa, no entanto, a proporção é de 86% e 6%.