Google Play Store: ele detectar├í aplicativos “ruins” antes de serem lan├žados

O Google seguiu uma t├ítica muito interessante para os usu├írios do Android e trabalhou com empresas de seguran├ža para identificar aplicativos suspeitos antes de serem lan├žados na Play Store. A gigante americana anunciou que colaborou com tr├¬s empresas de seguran├ža que a ajudar├úo a encontrar o aplica├ž├Áes suspeitas o que poderia prejudicar os usu├írios do Android. O Google chama essa colabora├ž├úo de Alian├ža de Defesa de Defesa e ESET, Lockout e Zimperium.

O Android, segundo o Google, possui 2,5 bilh├Áes de dispositivos, o que o torna um ├│timo alvo para usu├írios mal-intencionados. Os atacantes podem usar muitas maneiras diferentes de atacar, como malware oculto ou c├│digo que ir├í espionar e extrair dados importantes do usu├írio.

Al├ęm disso, o Google usa Play Protect para encontrar malware em aplicativos. O servi├žo, segundo o Google, monitora bilh├Áes de aplicativos diariamente. Mas o problema ├ę provavelmente muito maior e tamb├ęm ├ę necess├íria a ajuda de outras fontes.

Fonte