Google Pixel XL 2017, design sem bordas e tela AMOLED

o Google Pixel XL 2017 pode contar com um Visor AMOLED e quadros extremamente pequenos. √Č isso que emerge de uma nova renderiza√ß√£o criada pela revista Android Police, que montaram o novas informa√ß√Ķes surgiram nessas horas. A empresa de Mountain View parece querer desenhar um smartphone com base nos novos elementos introduzidos este ano pelos concorrentes diretos. Uma estrat√©gia que pode ser bem-sucedida do ponto de vista comercial.

De um ponto de vista puramente estético, as linhas do Google Pixel XL 2017 eles devem retomar com as mãos cheias as do antecessor, reduzindo drasticamente os quadros em grande estilo Galaxy S8. Portanto, o Big G parece querer se alinhar com a tendência agora dominante dos smartphones sem fronteiras que, como vimos ontem, também começa a caracterizar dispositivos de médio e baixo custo.

Google Pixel XL 2017
A renderização do Google Pixel XL 2017 feita pela Android Police

A frente deve ser dominada por uma tela de 6 polegadas feito com Tecnologia AMOLED. O visor, assim como todo o dispositivo, será produzido por LG que, de acordo com a renderização feita pelo Android Police, optará por um painel com cantos arredondados, exatamente como em G6.

Leia também: LG Q6 oficial, display sem fronteiras na faixa intermediária

A concha, como sempre, será feita de metal com uma porção de vidro na parte superior da tampa traseira. Para sublinhar como os rumores recentes têm falado em quadros sensíveis à pressão verticais Google Pixel XL 2017, com uma solução praticamente idêntica à encontrada na HTC U11.

HTC U11 squeeze
Os painéis sensíveis à pressão do HTC U11

A empresa Mountain View deve obviamente integrar toda uma s√©rie de solu√ß√Ķes de software capazes de explorar essa peculiaridade de quadros verticais sens√≠veis √† press√£o, como fun√ß√Ķes r√°pidas ou relacionadas a Assistente do Google. A experi√™ncia do usu√°rio do Pixel XL 2017 poderia, portanto, girar em torno desses elementos.

Finalmente, a renderiza√ß√£o mostra a presen√ßa de uma √ļnica c√Ęmera traseira (sem sobressair) acoplada a um flash LED circular de tom duplo. Google parece orientado a adiar a ado√ß√£o da c√Ęmera dupla, optando por uma solu√ß√£o que possa representar uma linha de continuidade com o setor fotogr√°fico de Google Pixel, entre os mais populares do ano passado no mercado de smartphones.

Google Pixel XL 2017
Google Pixel XL 2016

Do ponto de vista t√©cnico, nas √ļltimas semanas se tem falado da presen√ßa do Snapdragon 835 do Qualcomm acompanhado de 4 GB de RAM 128 GB de mem√≥ria interna, chamada para verificar uma Tela QHD. Todos os detalhes que podem ser esclarecidos durante a fase de apresenta√ß√£o programada para o outono, provavelmente durante o m√™s de outubro.

Leia também: Google Pixel 2A e 2B, um topo de gama e um alcance médio

Google Pixel XL 2017 poderia representar uma espécie de síntese entre os atuais principais concorrentes diretos. Se a empresa de Mountain View conseguir misturar efetivamente os recursos destacados pela renderização, poderá encontrar-se nas mãos de um dispositivo extremamente eficaz do ponto de vista comercial. Veremos.


Tom’s Recommend

Se voc√™ est√° procurando um monitor para o seu PC, pode se concentrar no modelo MP88HV-S produzido por LG. √Č caracterizada por uma diagonal de 24 polegadas com resolu√ß√£o Full HD, tempo de resposta de 5 ms e alto-falante de 10 W integrado. Compr√°vel atrav√©s Amazonas com um 20% de desconto.