Google Chrome aprimora a proteção contra downloads maliciosos

Os desenvolvedores do Google adotaram novas medidas para melhorar a proteção contra softwares indesejados fornecidos pelo navegador Chrome com um novo banner, uma pesquisa melhor e anúncios mais seguros.

Google Chrome reforça proteção

O navegador da web já emite uma notificação sempre que um usuário tenta baixar um arquivo marcado como malicioso. A proteção consistia em interromper o download e garantir o consentimento explícito do usuário para continuar recebendo o item perigoso em seu computador.

Agora, além disso, o Chrome também exibe um alerta vermelho óbvio antes de baixar a página que hospeda downloads maliciosos, informando o usuário sobre o risco à espreita.

Além disso, permite que o usuário saiba que o site pode tentar induzi-lo a instalar programas com efeitos negativos, que podem alterar a página inicial ou exibir anúncios pop-up nos sites que ele visitou.

No entanto, os usuários não estão proibidos de acessar o site e podem retornar à página segura anterior.

Além disso, parte do esforço para tornar os serviços do Google mais seguros para o usuário é melhorar a funcionalidade de pesquisa.

Os detalhes das mudanças são poucos, mas o engenheiro de software do Google, Lucas Ballard, diz que o serviço agora inclui pistas que podem identificar sites enganosos. “Essa mudança reduz as chances de você visitar esses sites por meio de nossos resultados de pesquisa”, disse ele em um post na segunda-feira.

A medida complementa a política de software indesejado do Google, lançada em meados de dezembro de 2014 e é um conjunto de requisitos que os anunciantes devem cumprir.

O aviso sobre sites suspeitos e a obstrução de downloads maliciosos vêm da API de Navegação segura da API do Google.

Ballard diz que os proprietários de sites precisam registrar seus sites nas Ferramentas do Google para webmasters para serem notificados das últimas descobertas de segurança da empresa.

Dessa forma, o site pode ser verificado quanto a programas maliciosos e o administrador receberá uma notificação sobre a infecção, além de dicas que podem ajudar a resolver o problema.