Galaxy Note 7, aqui está o defeito técnico da bateria

Que o Samsung Galaxy Note 7 tem deuses problemas de bateria, que tamb√©m pode levar a fen√īmenos de combust√£o e explos√£o, agora √© conhecido, tanto que a empresa coreana retira oficialmente o phablet do mercado.

Somente nas √ļltimas horas, no entanto, a raz√£o t√©cnica que causou o problema foi esclarecida. A Samsung UK em perguntas e respostas oficiais de fato indicou como devido √† aus√™ncia de um separador entre c√°todo e √Ęnodo dentro de algumas baterias montadas na Nota 7.

galaxy note 7 taniti ff88a7a18bc184e6b8c8

De fato, cada bateria √© composta de dois eletrodos, o c√°todo negativo, que atrai os c√°tions, os √≠ons positivos e o √Ęnodo positivo, que atrai os √Ęnions ou √≠ons com carga negativa. No meio est√° o eletr√≥lito, um produto qu√≠mico que ajuda os √≠ons a se moverem de um eletrodo para o outro.

De fato, durante a fase de carregamento, os √≠ons de l√≠tio se movem do c√°todo para o √Ęnodo, enquanto durante a opera√ß√£o fazem o caminho oposto. Se, no entanto, os dois eletrodos entrarem em contato, durante a fase de carga, a energia absorvida passa quase inteiramente diretamente no eletr√≥lito, aumentando drasticamente sua instabilidade e trazendo, atrav√©s de uma s√©rie de etapas intermedi√°rias que envolvem a produ√ß√£o de g√°s e aumento de calor, queima e explos√£o.

O problema √© que, como a tecnologia da bateria de l√≠tio j√° atingiu quase sua efici√™ncia m√°xima (quase 90% √© mencionada), a maioria dos fabricantes adota “truques” para aumentar a efici√™ncia e a capacidade, colocando mais e mais consumidores em risco.

Samsung Galaxy Note 7 nova explos√£o 01

Alguns cientistas est√£o trabalhando nos chamados “l√≠quidos i√īnicos, eletr√≥litos que exigem temperaturas muito mais altas antes do desenvolvimento de gases inflam√°veis. No entanto, esses l√≠quidos, embora mais seguros, t√™m limites em rela√ß√£o √† vida √ļtil da bateria e, portanto, ainda n√£o s√£o comercializ√°veis ‚Äč‚Äče requerem mais estudos. Enquanto isso, aparentemente, na aus√™ncia de tecnologias alternativas de bateria, esse tipo de problema pode se tornar cada vez mais difundido.

A Samsung UK, no entanto, n√£o quis reconhecer explicitamente a fonte do mau funcionamento das baterias produzidas por sua subsidi√°ria. Samsung SDI, conforme indicado por v√°rias fontes nos √ļltimos dias, argumentando que no momento √© imposs√≠vel fazer tais alega√ß√Ķes e que a empresa est√° trabalhando com todos os seus fornecedores de baterias.

sem título

Enquanto isso, outros blocos est√£o quebrando a credibilidade j√° comprovada da Samsung. Nos Estados Unidos atualmente, um carro incendiado provavelmente por causa de um Galaxy Note 7 sob carga dentro e at√© uma garagem foi destru√≠da pelo fogo, provavelmente pela mesma raz√£o. Mesmo neste caso, de fato, uma Nota 7 respons√°vel estava presente no ambiente antes do inc√™ndio, mas a condi√ß√£o para os dois casos √© obrigat√≥ria at√© que as verifica√ß√Ķes sejam conclu√≠das.

Enquanto isso, finalmente, oFAZ (Federal Aviation Administration), a entidade civil que regula voos nos Estados Unidos, expressou uma posição semelhante à das três companhias aéreas australianas que proibiram ontem o uso e a recarga da Nota 7 a bordo de seus voos.

Atualizar:
L√° tamb√©m Ag√™ncia Europeia para a Seguran√ßa da Avia√ß√£o, a ag√™ncia europ√©ia “irm√£” da FAA, informou que comunicar√° aos viajantes para n√£o colocar o Galaxy Note 7 dentro da bagagem e n√£o carreg√°-lo em voos a√©reos.