Facebook – Washington novos problemas de transparĂȘncia

Novamente, problemas de transparĂȘncia com o Facebook. O New York Times revelou que, quando Mark Zuckerberg e Sheryl Sandberg testemunharam perante o Congresso, eles nĂŁo disseram a verdade sobre as campanhas de desinformação da RĂșssia, embora soubessem disso.

ApĂłs a revelação do New York Times, que citou vazamentos das reuniĂ”es internas da empresa, parece muito mais difĂ­cil para o Facebook convencer Capitol Hill com o habitual “estĂĄ tudo bem”.

A resposta mais difĂ­cil veio do senador democrata Richard Blumenthal, que disse que a histĂłria era “um lembrete de que nĂŁo podemos mais confiar em grandes empresas de tecnologia”.

“Ontem descobrimos que, quando Mark Zuckerberg disse ao povo americano que a intervenção russa era um ‘assunto muito louco’, ele sabia que era completamente falso”, disse Blumenthal.

Em vez de assumir a responsabilidade, os executivos do Facebook tentam hĂĄ meses esconder informaçÔes importantes para evitar crĂ­ticas. Pior, o Facebook contratou polĂ­ticos tĂłxicos que tentaram enganar o pĂșblico e os crĂ­ticos da empresa.

Mark Warner, crítico do Facebook (também democrata), disse:

A histĂłria do New York Times reforça o fato de que, apesar da pressĂŁo constante exercida pelo inquĂ©rito bilateral do ComitĂȘ de InteligĂȘncia do Senado, ainda estamos no escuro sobre a extensĂŁo da atividade russa no Facebook durante as eleiçÔes de 2016.

Ben Sasse, um republicano no ComitĂȘ JudiciĂĄrio do Senado que questionou Mark Zuckerberg durante sua visita ao CapitĂłlio, disse apĂłs a revelação:

Em vez de transformar isso em outro debate nas eleiçÔes de 2016, o Vale do SilĂ­cio e Washington terĂŁo que trabalhar para combater a ameaça real. O Facebook deve parar de tratar o evento como uma crise de relaçÔes pĂșblicas, e Washington deve parar de tratĂĄ-lo como uma oportunidade de se promover, porque Ă© uma ameaça real Ă  segurança nacional.

O que vai acontecer agora?

Se aprendermos com a histĂłria, o Facebook continuarĂĄ funcionando como funcionou e Washington continuarĂĄ discutindo no Congresso. No final, as coisas vĂŁo mudar pouco.

___________________________