Facebook pode levar à depressão

At√© a depress√£o pode ser causada por ser excessivamente obcecado pelo Facebook, especialmente quando as postagens de nossos amigos nos deixam com ci√ļmes.

O Facebook est√° monitorando nosso tr√°fego online. Uma nova pol√≠tica de privacidade introduzida pela empresa permite que o site registre sua atividade mesmo quando voc√™ sai do site de rede social. A altera√ß√£o da pol√≠tica de privacidade permite que o site colete dados de sua atividade na Internet e tamb√©m coleta as informa√ß√Ķes que voc√™ e seus amigos publicam. Segundo a publica√ß√£o relevante no British Independent, depois que todas essas informa√ß√Ķes s√£o coletadas, o Facebook as distribui para outros sites, como o Instagram.

√Č certo que a empresa anunciou em novembro que iria impor essa mudan√ßa, enquanto hoje alega que os usu√°rios foram notificados por email. Ao mesmo tempo, abriu um tipo de debate p√ļblico sobre novas pol√≠ticas, permitindo que os usu√°rios discutissem longamente esse assunto. Hoje, qualquer usu√°rio que desejar pode alterar a nova pol√≠tica de privacidade selecionando as configura√ß√Ķes relevantes.

Um importante estudo americano também tocou o sino do Facebook, sugerindo que o uso de sites de redes sociais pode causar inveja aos usuários, um sentimento que pode se transformar em depressão.

√Č certo que, de acordo com um post do Telegraph, milh√Ķes de pessoas se conectam ao Facebook todos os dias. De acordo com pesquisadores da Universidade de Missouri que conduziram o estudo, essa atividade os afeta mais emocionalmente do que se reconhecem.

A professora Margaret Duffy, coautora do estudo, destaca que a maneira como os usu√°rios do Facebook usam o site desempenha um papel fundamental na maneira como reagem a ele.

“O Facebook pode ser um bom passatempo, uma atividade divertida e saud√°vel, desde que os usu√°rios o usem para manter contato com familiares e velhos amigos e compartilhar os aspectos importantes e interessantes de suas vidas. No entanto, se voc√™ costuma ver o qu√£o rico √© um velho amigo ou o qu√£o feliz ele √© em seu relacionamento, coisas que podem causar ci√ļmes, o Facebook pode at√© levar √† depress√£o cl√≠nica.

Para as necessidades do estudo, 700 jovens usu√°rios do site responderam √†s perguntas dos cientistas. Como se viu, aqueles que usaram o Facebook para ver como seus amigos e conhecidos em v√°rios aspectos de suas vidas relataram sentir-se mais deprimidos. Por outro lado, aqueles que usaram o site simplesmente para manter contato com amigos e conhecidos n√£o apresentaram rea√ß√Ķes negativas.

A comparação

Segundo os pesquisadores, posts sobre f√©rias ex√≥ticas, carros caros e casas bonitas, bem como fam√≠lias felizes de “filmes” despertam em n√≥s o ci√ļme, que geralmente se transforma em depress√£o. Segundo o professor Duffy, “descobrimos que, se os usu√°rios sentem inveja da maneira como seus amigos vivem ou de suas atividades, eles geralmente reclamam de alguns sintomas de depress√£o cl√≠nica. O Facebook pode ser uma atividade muito positiva para muitas pessoas, mas n√£o para aqueles que tentam comparar a maneira como eles e seus amigos vivem atrav√©s do site “.

A pesquisa foi publicada na revista Computers in Human Behavior.

Kathimerini.gr