Facebook: o que Ă© a lista BOLO e para quem Ă©

Sabemos que o Facebook possui enormes volumes de dados de bilhÔes de usuårios. No entanto, de acordo com as informaçÔes, a empresa também possui dados de monitoramento de pessoas que considera uma ameaça para a empresa ou seus executivos. A revelação foi feita pela CNBC na quinta-feira.

A CNBC conversou com vĂĄrios ex-funcionĂĄrios de uma rede social maior, que afirmam que a empresa mantĂ©m uma lista de pessoas para as quais a equipe de segurança do Facebook deve ser “cautelosa”.

Esta Ă© a lista “BOLO” de “esteja atento”. Facebook

Esta lista de indivíduos inclui, de acordo com as informaçÔes, todos aqueles que comentam mal ou ameaçam os serviços do Facebook.

Em alguns casos, de acordo com a CNBC, o Facebook monitora as pessoas que eles consideram estar em risco usando seu endereço IP ou combinando seus dados com outros serviços para localizar sua localização. A empresa decide então entregar os dados às autoridades ou não.

A CNBC relata que a lista BOLO do Facebook contĂ©m “centenas” de nomes e que as condiçÔes sob as quais uma pessoa pode ser adicionada Ă  lista sĂŁo bastante subjetivas.

Obviamente, uma das razÔes é o insulto do fundador da empresa, Mark Zuckerberg:

Enquanto alguns usuĂĄrios terminam na lista depois de postagens repetidas sobre a empresa que contĂ©m ameaças, enquanto outros podem ser encontrados na lista BOLO escrevendo algo tĂŁo simples como “F-vocĂȘ, Mark”, “F-Facebook” ou “Eu vou vĂĄ chutar seu … ”, de acordo com um ex-segurança.

Um porta-voz do Facebook contestou tudo isso, dizendo que havia pessoas passando por uma “revisĂŁo rigorosa para determinar a validade da ameaça”.

O porta-voz do Facebook, Anthony Harrison, disse ao Gizmodo que “a equipe de segurança fĂ­sica da empresa estĂĄ lĂĄ para manter os funcionĂĄrios do Facebook seguros”.

Eles usam padrĂ”es para avaliar e abordar ameaças de violĂȘncia contra nossos funcionĂĄrios e nossa empresa e encaminham ameaças para a aplicação da lei quando necessĂĄrio.

“Temos procedimentos rigorosos que visam proteger a privacidade dos cidadĂŁos e cumprir todas as leis de privacidade e os termos de serviço do Facebook”.

E de acordo com a pĂĄgina PolĂ­tica de dados

Usamos as informaçÔes que temos para verificar contas, atividades, combater comportamentos prejudiciais, detectar e impedir spam e outras experiĂȘncias ruins, manter a integridade de nossos produtos e promover a segurança do Facebook. Usamos os dados necessĂĄrios para investigar atividades suspeitas ou violaçÔes de nossos termos e polĂ­ticas ou para identificar alguĂ©m que precisa de ajuda.

Obviamente, os termos de uso do Facebook nĂŁo mencionam que Ă© proibido denunciar algo ruim sobre Zuckerberg.

Direitos autorais na Europa: alteraçÔes atĂ© março – abril