Entrevista com o Gerente de Marketing de Produto da Canon Europe

Em outra discussão importante, o pttlgr esteve no estande da Canon na Photokina 2018 e fez suas perguntas a John Maurice, gerente de marketing de produto da Canon Europa.

Começamos com a pergunta mais difícil que achamos que existe na mente de todos os fotógrafos, por que a Canon optou por colocar um slot de cartão de memória na nova Canon EOS R.

A resposta baseia-se na pesquisa da Canon em fotógrafos profissionais e no fato de os fotógrafos terem tomado aderência, aderência, como temas importantes de uma câmera, e não mencionaram o slot de cartão de memória duplo.

Como solução, foi mencionada a possibilidade de backup direto via Wi-Fi para um dispositivo (smartphone, tablet, PC), algo que ouvimos na apresentação de Atenas pela Nikon e algo que, embora teoricamente possível, eu acho que é praticamente impossível.

Quanto à escolha do cartão de memória SD, o motivo é que os cartões de memória SD são mais baratos e fáceis de encontrar no mercado. No entanto, o uso do formato CFast, que parece ser preferido pela Canon (já em seus negócios DSLR) em vez do XQD mais recente, não foi descartado no futuro.

Em relação ao estabilizador no corpo, não recebemos uma resposta por não instalá-lo na câmera, com as pessoas da Canon falando sobre a parte mais forte da câmera, que é o foco automático Dual Pixel até -6 EV (baixo brilho).

Em geral, as pessoas da Canon pensam que a primeira câmera do novo sistema Full Frame da empresa é uma solução muito boa como segundo corpo para um fotógrafo profissional, que deseja algo menor e mais portátil que sua câmera básica e uma solução ideal para um amador. à procura de um corpo de espelho completo.

Quanto às lentes do novo sistema e seus preços, a empresa pretende apresentar lentes na classe econômica, que será mais acessível para a grande massa de fotógrafos. Em nossa discussão sobre o tamanho da montagem, que é igual à montagem EF, a 54mm, a resposta foi que os técnicos da empresa acabaram lá depois de muita pesquisa sobre o tamanho ideal para a evolução futura das lentes fotográficas.

Finalmente, a evolução das câmeras da Canon e o futuro da DSLR dependem em grande parte do que o fotógrafo-consumidor está pedindo, mas também dessa discussão nos resta a sensação de que as câmeras sem espelho são o futuro.