Em alerta para ataques a sites pĂșblicos

“A sub-diretoria de acusação de crimes cibernĂ©ticos da Attica Security foi colocada em alerta mĂĄximo, apĂłs informaçÔes divulgadas na internet, sobre possĂ­veis ataques aos sites de organizaçÔes e serviços pĂșblicos na GrĂ©cia”.

O exposto acima Ă© mencionado em um documento do Ministro da Proteção Civil Christos Papoutsis, que foi encaminhado ao Parlamento, apĂłs uma pergunta do deputado ND Thanasis Nakou sobre o ataque eletrĂŽnico que <
>

aceitou o site do Parlamento www.hellenicparliament.gr no dia da votação do Programa de Médio Prazo.

Como o Sr. Papoutsis informa, após a confirmação do ataque, ele foi submetido à Sub-Diretoria de Processamento de Crimes Cibernéticos da Diretoria de Segurança da Attica, um apelo contra autores desconhecidos, por violaçÔes das disposiçÔes do Código Penal. a investigação criminal do caso, que continua até hoje, para expor os autores desconhecidos.

O ministro tambĂ©m afirma que o PEJ, como autoridade competente para questĂ”es de segurança, enviou um documento ao MinistĂ©rio da Reforma Administrativa e ao governo eletrĂŽnico, declarando sua intenção de ajudar, com seus representantes, a participação ativa em grupos de trabalho e comitĂȘs de preparação jurĂ­dica. contribuir para a definição adequada do quadro jurĂ­dico nacional sobre comunicaçÔes e segurança de TI.

AlĂ©m disso, o Sr. Papoutsis declara: “A EYP, como autoridade nacional, para lidar com ataques eletrĂŽnicos, notificou por escrito a todo o organismo pĂșblico suas responsabilidades e solicitou que todos os incidentes de ataques eletrĂŽnicos fossem informados a ele, para que pudesse oferecer assistĂȘncia aos questĂ”es de segurança eletrĂŽnica “.

De fato, o ministro revela que “atĂ© agora o EPI analisou dezenas de casos de ataques eletrĂŽnicos destinados a redes e sites do ĂłrgĂŁo pĂșblico e propĂŽs medidas especĂ­ficas para restaurar e impedir futuros ataques”.

O EYP tambĂ©m emitiu avisos de ataques iminentes, realizou inspeçÔes e propĂŽs açÔes contra ĂłrgĂŁos pĂșblicos que solicitaram assistĂȘncia.

Fonte: http://www.naftemporiki.gr