EETT impõe redução das tarifas de terminação de chamadas às empresas de telefonia móvel

A EETT, com a decisão de hoje, impõe a redução gradual de tarifas no mercado atacadista de terminação de chamadas em todas as redes móveis. Nesse contexto, a partir de 1º de janeiro de 2013, o preço-alvo final é fixado em 1,01 euros / minuto, a partir de 4,95 euros / minuto atualmente em vigor.

Espera-se que esta decisão traga benefícios significativos para o consumidor final, pois espera-se uma redução nos preços de varejo para chamadas móveis. Em particular, estima-se que pelo menos 50 milhões de euros serão economizados no total por assinantes de telefonia fixa em 2013.

A redução gradual das tarifas de terminação de chamadas será concluída com base no seguinte cronograma:EETT impõe redução das tarifas de terminação de chamadas às empresas de telefonia móvel

Qualquer ajuste do preço-alvo de 1,01 euro / minuto ocorrerá após a conclusão do exame dos dados de custo, com base no modelo técnico-econômico da EETT, que será concluído antes do final de 2012.

Note-se que as obrigações regulatórias impostas pelo EETT aos três fornecedores incluem controle e custeio de preços, acesso, separação contábil, transparência e prevenção de práticas discriminatórias. Esses passivos surgem após a análise do mercado específico e a definição das três empresas, COSMOTE, VODAFONE e WIND, para fornecedores com Poder Significativo.