E se o smartphone modular fizesse o Facebook?

A ideia do smartphone modular, na qual você altera uma peça e a mantém atualizada, agrada o paladar de muitos. O Google tentou com o Projeto Ara, ele trabalhou por anos, mas depois de iniciar um piloto em Porto Rico, jogou a toalha. Vimos variações no tema da LG e da Lenovo, mas tudo pode ser dito, exceto que o conceito decolou.

E se o Facebook tentasse novamente? De acordo com o reportado pelo Business Insider (BI), a divisão Building 8 da rede social, observa o trabalho em projetos de larga escala e longo horizonte, estaria apenas pensando em como criar um smartphone modular.

projeto ara

Para provar isso, também haveria uma patente na qual falamos de um dispositivo eletromecânico modular que pode integrar um alto-falante, um microfone, uma tela sensível ao toque, GPS e até funcionar como telefone. Lembra-nos de algo, e para você?

Desde a patente até o mercado, o passo é longo, por muito tempo, mas o fato de a idéia retornar à indústria com tanta frequência faz você pensar. E depois há Regina Dugan, ex DARPA, chefe da divisão Building 8. Dugan estava com o Google na época do Projeto Ara e liderou os esforços do grupo ATAP, Advanced Technology and Projects (ATAP).

Mas não há apenas ela no Facebook: de acordo com a BI, há ex-membros do Google que trabalharam em Ara e a equipe da Nascent Objects, uma startup adquirida pelo Facebook que se apresentou como desenvolvedora de aparelhos eletrônicos modulares.


Tom’s Recommend

Certamente não é o Projeto Ara mas é um dos poucos que chega perto: o Moto Z pode expandir suas capacidades graças a módulos dedicados!

Artigos Relacionados

Back to top button