E se o smartphone modular fizesse o Facebook?

A ideia do smartphone modular, na qual vocĂȘ altera uma peça e a mantĂ©m atualizada, agrada o paladar de muitos. O Google tentou com o Projeto Ara, ele trabalhou por anos, mas depois de iniciar um piloto em Porto Rico, jogou a toalha. Vimos variaçÔes no tema da LG e da Lenovo, mas tudo pode ser dito, exceto que o conceito decolou.

E se o Facebook tentasse novamente? De acordo com o reportado pelo Business Insider (BI), a divisĂŁo Building 8 da rede social, observa o trabalho em projetos de larga escala e longo horizonte, estaria apenas pensando em como criar um smartphone modular.

projeto ara

Para provar isso, tambĂ©m haveria uma patente na qual falamos de um dispositivo eletromecĂąnico modular que pode integrar um alto-falante, um microfone, uma tela sensĂ­vel ao toque, GPS e atĂ© funcionar como telefone. Lembra-nos de algo, e para vocĂȘ?

Desde a patente atĂ© o mercado, o passo Ă© longo, por muito tempo, mas o fato de a idĂ©ia retornar Ă  indĂșstria com tanta frequĂȘncia faz vocĂȘ pensar. E depois hĂĄ Regina Dugan, ex DARPA, chefe da divisĂŁo Building 8. Dugan estava com o Google na Ă©poca do Projeto Ara e liderou os esforços do grupo ATAP, Advanced Technology and Projects (ATAP).

Mas nĂŁo hĂĄ apenas ela no Facebook: de acordo com a BI, hĂĄ ex-membros do Google que trabalharam em Ara e a equipe da Nascent Objects, uma startup adquirida pelo Facebook que se apresentou como desenvolvedora de aparelhos eletrĂŽnicos modulares.


Tom’s Recommend

Certamente não é o Projeto Ara mas é um dos poucos que chega perto: o Moto Z pode expandir suas capacidades graças a módulos dedicados!