√Č poss√≠vel retirar o entalhe? Sim, e a confirma√ß√£o vem do Honor View 20

Desde sua estr√©ia no Essential Phone (e posteriormente no iPhone X), o entalhe argumentou. Um detalhe est√©tico que voc√™ ama ou odeia sem meias medidas, que no entanto concordou com um aspecto: seu tamanho em algumas √°reas de uso do smartphone. Ter uma esp√©cie de “pen√≠nsula” que reduz a √°rea que pode ser usada para assistir a um filme, ou que voc√™ pode ter que se esconder por meio de software em determinadas ocasi√Ķes, certamente n√£o √© o melhor da vida, especialmente em dispositivos topo de gama, com os quais nunca se deve comprometer.

Portanto, o Honor View 20 antecipou uma tend√™ncia destinada a abrir caminho em 2019, a fim de se aposentar. Para conseguir isso, a empresa chinesa concentrou-se em um design exclusivo de seu tipo, caracterizado por um buraco real no canto superior esquerdo da tela, no qual a c√Ęmera frontal de 25 megapixels foi configurada. De um ponto de vista requintadamente construtivo, a solu√ß√£o adotada neste caso √© muito mais complexa do que pode parecer externamente.

O sensor da c√Ęmera de fato n√£o penetra totalmente na tela. Isso √© poss√≠vel gra√ßas a uma tecnologia que Honor chamou de “transi√ß√£o de pixel”, com a qual o fluxo dos cristais l√≠quidos do painel √© controlado, permitindo que a luz passe e alcance o sensor sem interrup√ß√£o. Os engenheiros, na fase de projeto, usaram processos litogr√°ficos avan√ßados para criar um buraco o menor poss√≠vel, usando tamb√©m camadas diferentes para impedir que a luz emitida pela tela entrasse na c√Ęmera. Mas isso n√£o √© tudo.

Um orif√≠cio perfurado no painel frontal poderia ter enfraquecido toda a estrutura do mesmo. Para evitar isso, a estrutura da tela √© feita com 18 camadas, o que permite superar essa criticidade potencial, garantindo uma veda√ß√£o perfeita da mesma. Em suma, o trabalho de engenharia realizado por Honor vai muito al√©m do que voc√™ est√° acostumado ver com a tela de um smartphone. Deste ponto de vista, o View 20 √© sem d√ļvida o exemplo concreto da constante melhoria experimentada por essa marca nos √ļltimos anos.

Depois, h√° o aspecto est√©tico, e aqui estamos em um n√≠vel subjetivo. Como j√° indicado na revis√£o do Honor View 20, de imediato, preferimos essa solu√ß√£o ao entalhe. Mas, al√©m dos gostos pessoais, n√£o h√° d√ļvida de que o buraco √© capaz de se integrar muito melhor no design. Afinal, estamos falando de um c√≠rculo muito pequeno com di√Ęmetro apenas 4,5 mm, praticamente o mesmo tamanho (em rela√ß√£o √† altura) da barra de notifica√ß√£o, para parecer um deles em algumas situa√ß√Ķes.

Al√©m disso, ao definir um fundo escuro, o buraco consegue “esconder” de uma maneira muito mais eficaz que o entalhe. Sem esquecer como essa solu√ß√£o pode pavimentar o caminho para uma diminui√ß√£o adicional nos molduras, uma tend√™ncia que foi um pouco interrompida com o advento do t√£o comentado “entalhe” no estilo do iPhone X. Nesse sentido, o Honor View 20 √© o exemplo claro de como √© poss√≠vel reduzir ainda mais as bordas, sem sacrificar a ergonomia ou causar o fen√īmeno irritante de toques involunt√°rios na tela. Conforme esclarecido durante o teste, o smartphone se mant√©m bem nas m√£os.

Tamb√©m em rela√ß√£o √† usabilidade efetiva, a solu√ß√£o do furo parece melhor pensada. De fato, ao ser posicionada no canto superior esquerdo, quando o Honor View 20 est√° posicionado em paisagem para visualizar – por exemplo – um filme, a c√Ęmera frontal ocupa uma parte que, geralmente, √© marginal em um v√≠deo. Ao definir a tela para tela cheia, voc√™ tem muito mais √°rea dispon√≠vel em compara√ß√£o com o que acontece com o entalhe, um aspecto que n√£o deve ser subestimado. Al√©m disso, a vantagem de projetos sem bordas √© precisamente a de ter acesso a telas maiores, uma vantagem que, no entanto, √© parcialmente “cancelada” pela presen√ßa do entalhe, o que inevitavelmente reduz a superf√≠cie dispon√≠vel.

O buraco localizado na parte inferior esquerda da exibição de um filme

Em tudo isso, no entanto, Honor tamb√©m pensou em todos aqueles que podem n√£o amar, esteticamente, o f√≥rum. Atrav√©s das configura√ß√Ķes (indo para a se√ß√£o de exibi√ß√£o), √© de fato poss√≠vel ocult√°-lo via software. Ao selecionar esse recurso, a barra de notifica√ß√£o fica preta e, consequentemente, a c√Ęmera frontal √© literalmente camuflada. Al√©m disso, durante a revis√£o, n√£o encontramos nenhum problema ao fazer selfies que pudesse estar relacionado ao fato de o sensor ser movido para a esquerda em vez de central.

Resumindo, essa nova solu√ß√£o est√©tica √© realmente convincente. N√£o √© por acaso que, de acordo com v√°rios rumores, parece estar destinado a ter ampla ado√ß√£o em 2019. √Č muito prov√°vel, no entanto, que este Honor View 20 continue a ser o smartphone topo de gama com o melhor valor ao dinheiro para oferecer. O pr√≥ximo desafio de constru√ß√£o provavelmente ser√° poder integrar todos os componentes necess√°rios para o reconhecimento avan√ßado de faces no furo.