Detenção de um grande circuito grego para pornografia infantil

child_porn As autoridades “circularam” um anel ped√≥filo, que circulava pornografia infantil dura, mesmo com beb√™s de seis meses de idade! A a√ß√£o “criminosa” de tr√™s ped√≥filos de Atenas, Thessaloniki e Ermoupolis Syros foi encerrada pela pol√≠cia da Promotoria de Crimes Eletr√īnicos e pela Pol√≠cia Financeira, que ap√≥s investiga√ß√Ķes que duraram pelo menos um m√™s alcan√ßaram os rastros dos autores, enquanto mais quatro pessoas s√£o procuradas. . Os resultados da investiga√ß√£o organizada das autoridades policiais com o codinome “Opera√ß√£o Drepano”, que eventualmente levaram √† pris√£o <‚Ķ>

dos tr√™s traficantes gregos de pornografia infantil, superam at√© a imagina√ß√£o mais malfadada e causam calafrios e c√≥licas. At√© os policiais mais severos ficaram sem palavras pelos in√ļmeros v√≠deos e fotos com conte√ļdo de pornografia infantil encontrados na posse de ped√≥filos, representando crian√ßas e beb√™s em poses obscenas e assustadoras.

Doze discos r√≠gidos de computador com 7.000 GB de pornografia infantil foram encontrados na posse dos tr√™s autores, dos quais 4.000 GB pertenciam a um detento s√≠rio, cinco laptops e duas unidades de armazenamento externo (pen drives). Ao mesmo tempo, revela√ß√Ķes sobre as identidades dos tr√™s detidos, que poderiam ser descritos como “pessoas al√©m da suspeita”, s√£o chocantes. De acordo com o que se sabe at√© agora, eles s√£o funcion√°rios particulares de 41 anos de Thessaloniki, pensionista de 49 anos de Atenas e marinheiro de 52 anos de Syros. Em particular, a pris√£o do morador permanente de Syros, de 52 anos, em cuja posse a maioria dos arquivos digitais confiscados foi encontrada, chocou a pequena comunidade da ilha.

Os moradores e a m√≠dia local est√£o acompanhando os desenvolvimentos com “dorm√™ncia”, pois, como √© apontado, este √© o primeiro caso de tr√°fico de pornografia infantil na hist√≥ria policial da ilha, o que causou uma √≥tima impress√£o. Quanto ao marinheiro de 52 anos, ap√≥s sua pris√£o, ele permaneceu sob cust√≥dia do Departamento de Pol√≠cia de C√≠clades e foi levado ao promotor para ser acusado das acusa√ß√Ķes estabelecidas por lei. Deve-se notar que, al√©m dos tr√™s presos, outras quatro pessoas s√£o procuradas como parte da investiga√ß√£o, enquanto uma a√ß√£o foi movida contra os dois ped√≥filos que ca√≠ram nas m√£os da pol√≠cia por violar a lei das drogas, por possu√≠rem maconha.

Eles agiram através de cem endereços de email diferentes

Segundo a pol√≠cia, os usu√°rios da Internet estavam usando centenas de endere√ßos IP diferentes dos provedores de servi√ßos da Internet para compartilhar imagens e v√≠deos com pornografia infantil na Internet. Para identific√°-los, o Minist√©rio P√ļblico de Atenas ordenou o levantamento do sigilo das comunica√ß√Ķes via Internet, enquanto, ao mesmo tempo, iniciavam investiga√ß√Ķes policiais coordenadas na Internet, que duravam cerca de um m√™s. No final, o guarda da pol√≠cia n√£o demorou muito para “colher” resultados positivos, chegando √† pris√£o dos tr√™s criminosos ap√≥s uma opera√ß√£o que durou seis dias. Os detidos, com os processos contra eles, foram levados ao Minist√©rio P√ļblico localmente competente, enquanto os materiais digitais confiscados ser√£o enviados √† Diretoria de Investiga√ß√Ķes Criminol√≥gicas para testes de laborat√≥rio, juntamente com os narc√≥ticos, que ser√£o enviados ao seu General Chemist. Note-se que a pesquisa sobre o desmantelamento do circuito foi organizada como parte da a√ß√£o preventiva para combater o fen√īmeno da pornografia infantil e foi realizada por meio de um software especial que detecta vest√≠gios eletr√īnicos de internautas que movimentam esse material em tempo real. O an√ļncio divulgado pela pol√≠cia enfatiza que, para incidentes semelhantes conhecidos pelos cidad√£os, eles podem entrar em contato com a Pol√≠cia Financeira e o Servi√ßo de Promotoria de Crimes Cibern√©ticos.

Fonte: secnews.gr