Deten├ž├úo de documentos p├║blicos falsificados e apostas ilegais pela ONU

imagens

Quartel-general da pol├şcia grega

Athena, 20 Junho 2014

COMUNICADO DE IMPRENSA

Forma├ž├úo de um caso pela Dire├ž├úo do Minist├ęrio P├║blico contra o Cibercrime contra um cidad├úo de 40 anos, por falsifica├ž├úo ap├│s uso cont├şnuo, fraude inform├ítica e viola├ž├Áes das leis de jogos

A Diretoria de Processamento de Crimes Cibern├ęticos entrou com uma a├ž├úo regular contra um cidad├úo de 40 anos, acusado de falsifica├ž├úo subseq├╝ente, fraude de computador e viola├ž├Áes da legisla├ž├úo de jogos.

Em particular, a Diretoria de Promotoria do Crime Cibern├ętico comprometeu-se a investigar um caso, no contexto de um exame preliminar de uma pessoa que publicou um documento p├║blico falsificado do Minist├ęrio das Finan├žas na Internet e se apresentou como funcion├írio desse Minist├ęrio, enquanto foi alegado que em nosso pa├şs, usu├írios enganosos da Internet.

A publica├ž├úo deste documento em v├írios sites foi acompanhada de um an├║ncio para o fornecimento de jogos de azar em terra nas ilhas do Mar Egeu.

No contexto de uma investiga├ž├úo digital completa, realizada por executivos da Diretoria de Processos Cibern├ęticos, bem como a an├ílise dos dados e os dados resultantes, foi identificado o envolvimento do homem de 40 anos no caso espec├şfico.

Uma busca em sua casa em Agios Stefanos, ├ütica, encontrou um formul├írio impresso e eletr├┤nico, o documento p├║blico forjado acima, bem como v├írios documentos semelhantes, tamb├ęm forjados. Outro disco r├şgido interno do computador foi encontrado e confiscado.

A investiga├ž├úo policial em andamento revelou que o jogador de 40 anos havia sido preso no passado por violar as regras do jogo.

Os documentos confiscados e o disco r├şgido interno ser├úo enviados aos laborat├│rios forenses para posterior exame.

O processo ser├í submetido ao Minist├ęrio P├║blico competente.