CYBERKID: Teleconferência sobre navegação segura na Internet

cyberkidsA Diretoria de acusação de crimes cibernéticos está realizando com sucesso teleconferências em escolas de todo o país sobre o assunto de navegação segura na Internet. As teleconferências fazem parte do programa CYBERKID e até o momento foram realizadas em 1.313 escolas em todo o país.

A Diretoria de Processos Cibernéticos, no contexto da implementação do programa CYBERKID para a navegação segura de estudantes na Internet (relacionada ao comunicado de imprensa de 25-09-2014), realiza com sucesso teleconferências interativas nas unidades escolares, em todo o território, toda terça-feira. e quinta-feira.

O programa é implementado pelo Ministério da Ordem Pública e Proteção do Cidadão e pela Polícia Grega em colaboração com o Ministério da Educação e Religiões.

A primeira teleconferência foi realizada em 25 de setembro de 2014 e até hoje 1.313 escolas em todo o país participaram da teleconferência.

As escolas que participam das teleconferências recebem um convite através do sistema “meeting.sch.gr”, da Rede de Escolas Panhellenic e, dessa forma, são incluídas nas teleconferências.

Durante as teleconferências, as apresentações são feitas pelo chefe da Diretoria do Ministério da Criminalidade Cibernética e por oficiais especializados, utilizando equipamento audiovisual. Mais detalhadamente, os tópicos que estão sendo desenvolvidos são:

• A missão da Diretoria de Processos Cibernéticos.

• O objetivo da organização de teleconferências.

• As ofensas e a maneira como são cometidas pela Internet, bem como práticas de prevenção.

• Os efeitos do cyberbullying, os perigos apresentados pelas redes sociais e, em geral, a prevenção e o tratamento dos riscos associados às novas tecnologias.

• Estatísticas sobre a penetração de gregos na Internet e os casos com os quais a acusação de crimes cibernéticos é chamada a lidar.

Durante a apresentação, um professor responsável de cada escola coleta perguntas dos alunos, as quais ele envia através do sistema e a função de “bate-papo” de comunicação direta por escrito. As perguntas são respondidas, durante a teleconferência, pelos Diretores especializados da Promotoria de Crimes Cibernéticos, que realizam a apresentação.

O briefing continuará em um futuro próximo em todas as escolas do país, da mesma forma, com o objetivo de informar todos os estudantes em todo o país até abril próximo.

Fonte: secnews.gr